Educação

Escolas estaduais em Pernambuco e municipais do Recife retomam aulas presenciais nesta quinta (22)

Estudante da rede municipal do RecifeEstudante da rede municipal do Recife - Foto: Paulo Melo/PCR

Escolas estaduais e municipais do Recife retomam as aulas presenciais, nesta quinta-feira (22). Estudantes terão atividades no formato híbrido, com encontros presenciais e remotos, através de plataformas online.

Na rede estadual, os estudantes de todas as etapas e modalidades de ensino começam o segundo semestre letivo após o recesso escolar, que acaba nesta quarta-feira (21). Os alunos haviam retornado às atividades presenciais em abril, após um período de suspensão por causa do avanço da pandemia de Covid-19.

A Secretaria de Educação e Esportes (SEE) destaca que as escolas da rede mantêm os protocolos de segurança contra a Covid-19.

As aulas remotas também serão retomadas pelo Educa-PE, com o suporte do programa Conecta Aí, que disponibiliza pacotes de dados móveis para quem não possui internet. As 1.055 unidades de ensino de todo o Estado estão "prontas e seguras", de acordo com o governo, para receber os cerca de 580 mil estudantes. 

Para que as atividades presenciais sejam retomadas de forma segura e responsável durante a pandemia da Covid-19, a Secretaria de Educação elaborou um caderno de protocolo com regras que garantem o distanciamento social, além de assegurar mecanismos de proteção, monitoramento e comunicação da doença. 

"É importante destacar que todas as escolas seguem um rigoroso protocolo de segurança estabelecido para evitar a contaminação do novo coronavírus. As unidades de ensino irão, por exemplo, aferir a temperatura corporal dos estudantes, disponibilizar totens de álcool em gel pelos corredores, pias para higienização das mãos, dispenser de álcool em gel em cada entrada de sala de aula, máscara e faceshield para professores e demais profissionais, tapetes sanitizantes e cartazes de orientação", informou a SEE, por meio de nota.  

Rede estadual volta às aulas presenciais com ajustes na estrutura (Foto: Hesíodo Góes/SEE)

Na rede municipal do Recife, as aulas presenciais em escolas e creches irão retornar após 16 meses de suspensão. Desde o início da pandemia de Covid-19, em março de 2020, não há encontros nos espaços físicos das instituições.

De acordo com a Secretaria de Educação do Recife, a volta às atividades nas escolas e creches será feita de forma escalonada e o ensino híbrido permanece, em esquema de rodízio.

Nesta quinta-feira, retornam as turmas do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental. 

Na próxima terça-feira (27), a retomada contemplará as turmas do 4º, 5º, 6º e 7º anos do Ensino Fundamental. 

Em 3 de agosto, será a vez dos estudantes do 1º, 2º e 3º anos do Ensino Fundamental, além das turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e a Educação Infantil, com estudantes de creche e pré-escola.

A rede municipal do Recife tem 92 mil estudantes e 321 unidades de ensino.

Durante a preparação para esse retorno presencial, foram feitas diversas ações, como acolhida dos profissionais, orientações sobre o protocolo sanitário, preparação final do ambiente escolar e elaboração dos planos de aulas ajustados. 

Um protocolo sanitário foi elaborado para o retorno das atividades. Entre as principais medidas previstas no documento estão o uso obrigatório de máscaras; a aferição de temperatura na entrada das escolas; o distanciamento de 1,5 metros em todos os ambientes, incluindo a sala de aula; e higienização das mãos. Caberá aos pais ou responsáveis dos estudantes, a decisão sobre a volta às atividades presenciais.

Assembleia
Em assembleia realizada ainda nesta quarta, os professores da rede municipal do Recife decidiram manter as atividades remotas até que os profissionais tenham ciclo vacinal completo. A assembleia decidiu pela manutenção das atividades remotas e não deflagração de greve. Em nota, a Secretaria de Educação do Recife ressaltou que "a orientação do Simpere aos professores da rede para não retornarem às atividades presenciais não observa a determinação do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) que, no último dia 13, decidiu que qualquer movimento de greve que o Sindicato venha a deflagrar a partir do dia 22 de julho com o objetivo de prejudicar a retomada das aulas presenciais, será ilegal."

Veja também

Cortando o mal da violência de gênero pela raiz

Cortando o mal da violência de gênero pela raiz

No Dia do Vira-Lata, veja curiosidades sobre esses pets apaixonantes e campeões de popularidade
FOLHA PET

No Dia do Vira-Lata, veja curiosidades sobre esses pets apaixonantes