Rio de Janeiro

Escritora encontra maratonista que a salvou de ataque de pitbulls: "Arriscou a sua vida"

Roseana Murray teve braço e orelha amputados

Escritora Roseana Murray posta foto ao lado de 'anjo' que a salvou de ataque de pitbullsEscritora Roseana Murray posta foto ao lado de 'anjo' que a salvou de ataque de pitbulls - Foto: Instagram/Reprodução

Pouco mais de um mês após ser atacada por três pitbulls em Saquarema, na Região dos Lagos, a escritora Roseana Murray usou as redes sociais para compartilhar uma foto ao lado do "anjo" que salvou a sua vida, conforme ela própria definiu. Na ocasião, o maratonista Eduardo Neves, de 49 anos, chegou a ser avisado para não seguir pela rua, por haver cachorros bravos à solta, mas ele não hesitou ao ouvir gritos de socorro da vítima. A poetisa, que passou 13 dias internada no Hospital estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, teve braço e orelha amputados.

"Eduardo, o maratonista, foi o primeiro anjo que me salvou. Ele, para se salvar de uma grave depressão, começou a correr e corre grandes maratonas. Eduardo gostaria de ter um patrocínio. É verdadeiramente um anjo", diz legenda da foto publicada no Instagram nesta quinta-feira. "Arriscou a sua vida para me salvar."

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Roseana Murray (@roseanamurray)

Atleta partiu para cima dos cachorros
Conforme mostrou O Globo, Eduardo, conhecido como Bem-Te-Vi ou Canela Seca, era motorista de ônibus e teve depressão 10 anos atrás. O diagnóstico veio após perder sua mãe, Mathilde Rodrigues, que não resistiu à luta contra um câncer de mama e morreu em 2015. De luto, chegou a tentar se suicidar três vezes, mas só se reergueu após tratamento médico e retomar suas atividades físicas.

No dia do ataque dos cães a Roseana, Eduardo conta que estava a 20 metros dos animais e foi alertado para não passar pela rua. Ao ouvir os gritos da escritora, no entanto, ele tomou coragem.

— Acho que não tive medo porque estava sob efeito da adrenalina do esporte. Peguei com ela uns cabos de vassoura para tentar espantar. Fui em cima dos cachorros, eles vinham pra cima de mim. E eu subia no muro, que depois vim a saber que era da casa dela — contou Eduardo ao Globo.

O herói ainda pediu ajuda a um motorista que passava pelo local, e que tentou espantar os pitbulls jogando o carro para cima deles. Mas os cachorros só foram embora depois que um conhecido chegou com uma faca e conseguiu passar de raspão em um dos animais.

— Foi então que os cachorros foram para casa. Mas ela ficou dez minutos sendo atacada. Foi uma cena de horror — completou o maratonista, que foi também quem acionou equipes do Corpo de Bombeiros e do pronto-socorro.

Veja também

Motociclista de 44 anos morre após ser atropelada por caminhão, na PE-15, em Olinda
Região Metropolitana do Recife

Motociclista de 44 anos morre após ser atropelada por caminhão, na PE-15, em Olinda

"Nenhum homem para trás': arqueologistas britânicos procuram piloto que morreu na Segunda Guerra
INGLATERRA

"Nenhum homem para trás': arqueologistas britânicos procuram piloto que morreu na Segunda Guerra

Newsletter