Espaço Ciência comemora 25 anos de atividade

Localizado no Parque Memorial Arcoverde, o espaço é um dos maiores museus de ciência e tecnologia a céu aberto do mundo

Professor Israel BarbosaProfessor Israel Barbosa - Foto: Lidiane Mota / Folha de Pernambuco

O Espaço Ciência, museu de ciência e tecnologia de Pernambuco, comemora 25 anos de atividades. O evento de comemoração, que aconteceu no auditório do espaço, contou com as apresentações da banda sinfônica do Centro de Educação Musical de Olinda (Cemo), da banda de fanfarras e da Cia. de Dança Pyporatã. Também foi inaugurada uma exposição especial em homenagem aos 25 anos que conta com imagens e documentos que mostram a trajetória do museu. 

Inaugurado em 1994 em um casarão no bairro das Graças, o museu foi transferido em 1996 para o Parque Memorial Arcoverde, no limite com Olinda, Região Metropolitana do Recife, e, após passar por reforma em 2005, foi reinaugurado e se tornou um dos maiores museus de ciência a céu aberto do mundo.

Leia também:
Operação recolhe 1,2 mil litros de óleo no litoral de Pernambuco
Alceu Valença vira tema de exposição

“Estamos celebrando todos os trabalhos que desenvolvemos ao longo desses 25 anos, começamos pequenos e hoje podemos nos orgulhar do que construímos nesse período”, afirmou o professor Antônio Carlos Pavão, diretor do Espaço Ciência.

O diretor destacou, ainda, outras atividades desenvolvidas através da parceria entre o Espaço Ciência e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado. “Hoje não atendemos apenas na nossa sede. Temos um programa itinerante que percorre as cidades do Interior, o Ciência Móvel, temos também o Observatório Astronômico do Alto da Sé, em Olinda, e temos a Ciência Jovem, uma grande feira de ciências que realizamos há 25 anos”, declarou.

O espaço, que conta com exposições de ciências e tecnologia, parque, planetário e trilhas ao ar livre, funciona todos os dias da semana: das 8h às 17h, de segunda a sexta, e, das 13h30 às 17h, nos finais de semana. Com entrada gratuita, recebe diariamente a visita de centenas de estudantes das escolas de Pernambuco, moradores e turistas em geral.

Visitando o espaço pela primeira vez, o estudante do 9º ano da escola estadual Francisco de Paula em Caramagibe, na RMR, Adrian Galdino disse estar encantado com a diversidade do museu. “É muito legal. Aqui a gente vê ilusão de ótica, eletricidade, evolução humana e os dinossauros; é muito interessante ver tanta coisa.”

Para o professor Israel Barbosa, da escola Francisco de Paula, o Espaço Ciência tem  papel fundamental no processo de aprendizado dos alunos. “O espaço é muito importante para que o aluno possa ter a vivência material, pode ter um olhar mais prático. Vendo essas experiências, os alunos ficam mais interessados em aprender.”

Veja também

Flórida elimina restrições por Covid-19 enquanto supera 14.000 mortos
EUA

Flórida elimina restrições por Covid-19 enquanto supera 14.000 mortos

Mídia americana afirma que Trump indicará Amy Coney Barrett para Suprema Corte
internacional

Mídia americana afirma que Trump indicará Amy Coney Barrett para Suprema Corte