Coronavírus

Espanha considera 'estado de alarme' por Covid-19; Madri impõe novas restrições

Alguns dias após a Espanha superar o milhão de casos de Covid-19, as autoridades regionais aumentaram a pressão sobre o governo

Coronavírus na EspanhaCoronavírus na Espanha - Foto: Miguel Riopa/AFP

Novas restrições para combater a pandemia de coronavírus entram em vigor, neste sábado (24), em Madri, enquanto o governo espanhol estuda proclamar o estado de alarme em nível nacional para permitir aplicar toques de recolher localizados.

Alguns dias após a Espanha superar o milhão de casos de Covid-19, as autoridades regionais, que têm as competências em matéria de saúde, aumentaram a pressão sobre o governo para que tenham o direito de impor maiores restrições.

 

Na prática, isso quer dizer que o governo de Pedro Sánchez declara o estado de alarme em nível nacional, o que permitiria às comunidades imporem toques de recolher, como os já aplicados em vários países europeus.

Até agora, nove das 17 comunidades autônomas espanholas pediram formalmente esta medida. O governo deve tomar uma decisão durante uma reunião extraordinária no domingo.

Veja também

Covid-19: Pfizer inicia pedido de registro para vacina na Anvisa
vacina

Covid-19: Pfizer inicia pedido de registro para vacina na Anvisa

Com mais de 170 mil mortos, Brasil registra novos 654 casos fatais nas últimas 24h
BOLETIM

Com mais de 170 mil mortos, Brasil registra novos 654 casos fatais nas últimas 24h