Espanha revisa em quase 2 mil a menos balanço de mortos por coronavírus

Governo disse que pessoas tratadas inicialmente como suspeitas não foram retiradas dos dados após exames negativos

Coronavírus na EspanhaCoronavírus na Espanha - Foto: JAIME REINA / AFP

O governo espanhol revisou, nesta segunda-feira (25), o número de mortos pelo novo coronavírus no país, um dos mais atingidos pela pandemia, totalizando 26.834 óbitos, quase dois mil a menos que no dia anterior.

Um novo sistema de rastreamento de casos implementado pelas autoridades permitiu a eliminação de "duplicados, pessoas que foram listadas como falecidas (...) que depois percebemos que eram casos suspeitos, mas não comprovados", explicou Fernando Simón, diretor do centro de emergências de saúde.

No domingo, haviam 28.752 mortes notificadas. Simón reconheceu que "uma variação de 1.900 é grande, estamos tentando verificar, mas são os dados que temos agora". Diante da perplexidade causada pelos dados, defendeu a contagem que nas últimas semanas já havia sofrido outras modificações: "estamos satisfeitos com a crescente qualidade da informação, que nos permite tomar decisões".

Se até o momento os dados disponíveis eram por região, 17 no total, agora "temos os dados por província; podemos identificar mais rápido as situações de risco e agir mais rapidamente e de uma maneira muito mais localizada", acrescentou Simón.

Leia também:
Espanha impõe máscara obrigatória a partir dos 6 anos
Estudo estima que apenas 5% da população da Espanha contraiu o coronavírus
Espanha porá em quarentena todos os viajantes procedentes do exterior


A partir desta segunda, toda a Espanha está pelo menos na chamada Fase 1 do plano de desconfinamento, o que significa que comércios, museus e terraços de bares e restaurantes podem reabrir, com limitações de capacidade estritas. Da mesma forma, são permitidas aglomerações de até 10 pessoas do lado de fora.

Madri e Barcelona só entraram na Fase 1 nesta segunda-feira, enquanto outras áreas do país, como os arquipélagos das Ilhas Baleares e Canárias, Galiza, País Basco e grande parte da costa de Andaluzia já estão na Fase 2.

Graças a isso, poderão reabrir piscinas, com uma capacidade limitada de 30%, e praias para banhos recreativos, desde que se mantenha uma distância de segurança interpessoal de dois metros de distância.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Fiocruz busca avaliar impactos do isolamento social por conta da Covid-19
Pesquisa

Fiocruz busca avaliar impactos do isolamento social por conta da Covid-19

Em depoimento sobre ferimentos, Joice Hasselmann critica Heleno e diz não confiar na PF
DEPOIMENTO

Em depoimento sobre ferimentos, Joice Hasselmann critica Heleno e diz não confiar na PF