Esquerdinha não esconde ansiedade em jogo decisivo

Meia também comentou a concorrência no setor com Marco Antônio

Esquerdinha briga pela titularidade com Marco AntônioEsquerdinha briga pela titularidade com Marco Antônio - Foto: Flávio Japa/Arquivo Folha

Titular no jogo passado contra o Tupi/MG, na goleada por 4x1, fora de casa, pela Série B do Campeonato Brasileiro, o meia Esquerdinha deve seguir no time do Náutico. O “deve” é por conta do possível retorno de Marco Antônio aos treinamentos. Os dois jogadores brigam por um espaço na partida diante do Oeste (26), na Arena de Pernambuco, a última e decisiva do campeonato, valendo o acesso à Série A.

“Pude suportar o jogo quase todo (contra o Tupi). Primeiro tempo eu senti um desgaste físico grande, mas fiquei feliz pela vitória, por participar das jogadas de gol. Infelizmente o meu não saiu, mas graças a Deus não fez falta. Eu quero jogar, mas acho que ele (Marco) se recuperando também é importante. Essa dor de cabeça fica com o técnico (Givanildo Oliveira)”, afirmou Esquerdinha.

O meia também não escondeu a ansiedade em jogar uma partida decisiva e contou que sonha em fazer o gol do acesso. “Venho imaginando isso desde a época que eu estava machucado. Ficando pensando, tendo essa fé de entrar em um jogo decisivo e fazer o gol do acesso. Estou ansioso por ser uma decisão”, afirmou, para em seguida brigar. “Tomara que seja do Júlio César (risos)... melhor não, para não sofrer tanto”, completou.

Para subir, o Náutico (5º) precisa vencer o Oeste e torcer pelo tropeço do Vasco ou do Bahia. Os cariocas recebem o Ceará, no Maracanã, enquanto os baianos jogam contra o Atlético/GO, no Serra Dourada.

“Nunca vivenciei isso, de depender de resultados para ser rebaixado ou para subir. Na minha opinião, eu acho que os dois vão tropeçar. Espero que os resultados ajudem e que a gente faça a nossa parte”, declarou.

Veja também

Mais doses da futura vacina anticovid-19 e milhões de testes rápidos para países pobres
Coronavírus

Mais doses da futura vacina anticovid-19 e milhões de testes rápidos para países pobres

Família busca comerciante que desapareceu no bairro de Jardim São Paulo
Desaparecido

Família busca comerciante que desapareceu em Jardim São Paulo