Estado recebe R$ 10,8 milhões para sistema prisional

Pernambuco suspendeu as férias de agentes penitenciários e outros servidores ligados à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos

Pedro Eurico Pedro Eurico  - Foto: Felipe ribeiro/arquivo folha

 

O Governo de Pernambuco deve receber nesta quarta-feira (18) R$ 10,8 milhões para adquirir tornozeleiras eletrônicas, scanners corporais e bloqueadores de celular. O repasse integra um montante de R$ 295 milhões, anunciado ontem pelo Governo Federal, para melhorar a segurança nas unidades prisionais. Além de ajudar a amenizar problemas como o da superpopulação carcerária, o recurso permitirá a realização de ações para impedir que materiais ilícitos cheguem às mãos dos presos. Só em 2016, 4,5 mil armas brancas e 51 armas de fogo foram apreendidas em presídios do Estado. “Sabemos que não é o bastante, mas é um aceno”, afirmou o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Per­nambuco, Pedro Eurico.

Pedro Eurico entregou formalmente ontem ao Ministério da Justiça propostas para a implantação, em Pernambuco, de um dos cinco presídios federais anunciados pela União. “No Nordeste, só te­mos o de Mossoró (RN). Pernambuco faz divisa com Paraíba, Bahia, Ceará. Nessa situação, se justifica um presídio federal para que líderes de organizações criminosas se­jam segregados”, defendeu. Até agora, só foi anunciado um presídio no Rio Grande do Sul.

Férias
Em meio à crise prisional, o Governo de Pernambuco suspendeu as férias de agentes penitenciários e outros servidores ligados à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos por 90 dias. O Sindicato dos Agentes Penitenciários estuda medidas contra a decisão.

 

Veja também

Governo de Pernambuco anuncia calendário e detalha o 13º do Bolsa Família
Auxílio

Governo de Pernambuco anuncia calendário e detalha o 13º do Bolsa Família

Pernambuco ultrapassa 2 mil casos de contaminação por Covid-19 nas últimas 24h
Aumento de casos

Pernambuco ultrapassa 2 mil casos de contaminação por Covid-19 nas últimas 24h