Estado tem seis equipes em olimpíada de robótica

Os times de escolas pernambucanas representarão o Nordeste na disputa pela vaga na etapa internacional da disputa

Estudantes disputam vagas na fase internacional da disputaEstudantes disputam vagas na fase internacional da disputa - Foto: Divulgação/Imprensa Sesi-PE

Pernambuco terá seis equipes na última fase nacional do torneio de robótica First Lego League (FLL), que acontece em Curitiba-PR, nesta sexta-feira. Os times de escolas pernambucanas representarão o Nordeste na disputa pela vaga na etapa internacional. As melhores equipes do País se classificarão para as próximas fases do torneio, que serão nos Estados Unidos, Hungria e Estônia, no meio do ano. As seletivas acontecem ao mesmo tempo em mais de 80 países, onde participam em média 230 mil jovens e adolescentes de 9 a 16 anos.

Nos três dias da competição, os jovens pernambucanos terão a oportunidade de apresentar o projeto de pesquisa e o robô desenvolvido para responder à questão proposta nesta temporada 2017/2018: hydro dynamics (o ciclo humano da água, como melhorar a forma como as pessoas encontram, transportam, usam ou descartam a água). Os projetos serão avaliados por valores como trabalho em equipe e espírito colaborativo entre os participantes do grupo. Os robôs devem cumprir com eficácia missões na mesa da competição em três partidas de dois minutos e 30 segundos.

Leia também:
Sesi/PE promove o Torneio de Robótica First Lego League (FLL)
Equipe de robótica ganha prêmio em competição nacional


As equipes dos colégios do Sesi do Ibura, Vasco da Gama, Escada e Paulista, os times dos Erem Alberto Augusto de Morais Pradines, na Ilha de Itamaracá, no Litoral Norte, e do Porto Digital, no Centro do Recife, estão na disputa. O time New Atom, do Sesi Ibura, é um dos favoritos do torneio. É bicampeão da etapa regional, que aconteceu em novembro e pretende repetir a dose no Paraná. A equipe representou Pernambuco na etapa internacional do FLL. Neste ano, o projeto trata como reutilizar a água gerada pelo ar-condicionado para irrigar horta e outros objetivos.

O objetivo do torneio é desenvolver nos jovens o interesse pela ciência e tecnologia como facilitadores para o aprendizado e progresso da sociedade humana. “Outro benefício da competição, é oportunizar o protagonismo juvenil, ao estimular neles a busca de soluções inovadoras para problemas reais, o que contribui para a formação da futura mão de obra da indústria”, afirma a superintendente do Sesi/PE, Nilo Simões.

Veja também

Pernambuco confirma mais 724 casos e 11 mortes por Covid-19
Coronavírus

Pernambuco confirma mais 724 casos e 11 mortes por Covid-19

Sesi Odonto distribui kits de higiene bucal na Praça do Derby
RECIFE

Sesi Odonto distribui kits de higiene bucal na Praça do Derby