Estudante é detido após receber 200 gramas de haxixe pelos correios

No flagrante, o usuário tentou se livrar da encomenda jogando nos fundos da sua casa. O envelope continha 4 tabletes de haxixe

Polícia Federal apreende 200 gramas de haxixe Polícia Federal apreende 200 gramas de haxixe  - Foto: Cortesia

Um estudante de 24 anos foi detido pela Polícia Federal na tarde da última terça-feira (29) por receber 200 gramas de haxixe pelos correios em sua residência, no bairro da Boa Vista, no Recife. A droga foi adquirida por meio das redes sociais. No flagrante, o usuário tentou se livrar da encomenda jogando nos fundos da sua casa. O envelope continha quatro tabletes de haxixe. Ele responderá a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo crime contido no artigo 28 da Lei nº 11.343/2006, que corresponde a adquirir droga para consumo em desacordo com legislação.

As investigações realizadas pelas redes sociais que podem ser utilizadas para tráfico e comercialização as drogas através dos correios. Na ocasião, a encomenda foi enviada do Rio de Janeiro, e a entrega foi acompanhada por policiais federais que realizaram a prisão.

Leia também:
Portuguesa é presa com 4,6 kg de haxixe no Aeroporto do Recife
Mulher é presa traficando drogas em estacionamento de shopping, em Paulista

Em depoimento, o suspeito afirmou que pagou mil reais pela droga e que a compra foi realizada pelo facebook. Confessou ser usuário de drogas e que há dois anos largou a faculdade de Engenharia Civil e trabalha com manutenção de aparelhos celulares.

As penas podem ser advertência sobre os efeitos das drogas, prestação de serviços à comunidade e medida educativa de comparecimento à programa ou curso educativo. Ele assinou um termo de compromisso de comparecimento à Justiça, fez exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) e responderá em liberdade.

Veja também

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista
Entrevista

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica