Estudantes da Univasf deflagram greve contra corte de orçamento

Contenção de R$ 10 milhões pode levar a paralisação das atividades

Wifi Ralph (2019)Wifi Ralph (2019) - Foto: Divulgação

Os estudantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), de Petrolina, deflagraram greve nesta segunda-feira (10). Eles protestam contra cortes no orçamento da instituição para 2017. Os alunos ocuparam a reitoria da universidade.

Segundo o Diretório Central de Estudantes (DCE) da Univasf, a instiuição sofreu corte de R$ 10 milhões na verba de custeio, o que leva à perda de 828 vagas de auxilio permanência, 515 de auxílio moradia, 60 de auxílio transporte, 380 vagas de bolsa permanência, 24 vagas de moradia estudantil, além do corete de bolsas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic).

Em reunião com a reitioria no último sábado (8), foi apresentado aos estudantes que, diante dos cortes, o quadro orçamentário da Univasf fica prejudicado e ameaça o funcionamento da universidade, com a possibilidade de suspensão de calendário a partir de julho de 2017.

Durante a greve, os estudantes realizarão reuniões todos os dias, para deliberar sobre os rumos do movimento.

Veja também

'Digam a meus filhos que amo eles', as últimas palavras da brasileira vítima de ataque em Nice
França

'Digam a meus filhos que amo eles', as últimas palavras da brasileira vítima de ataque em Nice

Dia de luta contra o reumatismo é lembrado no país nesta sexta-feira
Reumatismo

Dia de luta contra o reumatismo é lembrado no país nesta sexta