Estudantes da UPE ocupam reitoria da instituição

Os alunos protestam contra a Proposta de Emenda Constitucional 241.

Unidade de Saúde da Família Irmã TerezinhaUnidade de Saúde da Família Irmã Terezinha - Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

A reitoria da Universidade de Pernambuco (UPE), em Santo Amaro, área central do Recife, foi ocupada por estudantes da instituição na tarde desta terça-feira (25). De acordo com a Frente Povo Sem Medo, os alunos protestam contra a Proposta de Emenda Constitucional 241 e contra a Medida Provisória (MP) 746, conhecida como a Reforma do Ensino Médio.

Conforme a União Nacional dos Estudantes (UNE), no total, há aproximadamente 80 instituições de ensino ocupadas em todo o País.

A mobilização em Pernambuco faz parte de uma campanha nacional dos estudantes contra a medida do governo Temer.

A decisão foi tomada durante assembleia geral estudantil, realizada na tarde desta terça na quadra da Escola Superior de Educação Física (Esef), com a presença de mais de mil alunos. Na ocasião, também foi aprovada greve dos estudantes.

A PEC 241 – aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), no início do mês – prevê o limite dos gastos públicos por um período de 20 anos. De acordo com o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UPE, a proposta “acaba com a atual vinculação de receitas para gastos com saúde pública e educação, previstas na Constituição”.

Veja também

Ataque suicida perto de escola deixa 18 mortos no Afeganistão
TERROR

Ataque suicida perto de escola deixa 18 mortos no Afeganistão

Espanha considera 'estado de alarme' por Covid-19; Madri impõe novas restrições
Coronavírus

Espanha considera 'estado de alarme' por Covid-19; Madri impõe novas restrições