Estudantes desocupam prédio do IFPE no Recife

Campus estava ocupado desde o dia 20 de outubro, em protesto à PEC do Teto dos Gastos

Detalhe do edital do TJPEDetalhe do edital do TJPE - Foto: reprodução

Os estudantes que ocupavam o campus do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) desde o dia 20 de outubro decidiram encerrar nesta segunda-feira (31) a ocupação, feita em protesto contra a PEC 55 que tramita, agora, no Senado - a antiga PEC 241, quando estava na Câmara dos Deputados - e que estabelece um teto para os gastos públicos nos próximos 20 anos.

A decisão de deixar o campus foi tomada em assembleia dos alunos. Definiram, no entanto, que novos protestos - e possíveis ocupações - podem ser realizados novamente, quando a PEC 55 for votada no Senado. "Como aqui é local de prova, decidimos ter mais flexibilidade. Vamos acumular força para quando a votação da PEC 55 começar no Senado", afirmou o estudante Davi Lira, presidente da União Dos Estudantes Secundarista de Pernambuco (Uespe).

A mobilização continuará realizando, todos os dias, rodas de diálogo, palestras e apresentações culturais.

UFPE

Os estudantes que ocupam quatro prédios da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) também decidem, nesta segunda-feira, se deixam ou não os locais, por causa da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Na UFPE, estão ocupados os centros de Artes e Comunicação (CAC), de Educação (CE), de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) e o Núcleo Integrado de Atividades de Ensino (Niate).

Veja também

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam
EUA

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam

Em evento no Recife, ministro da Educação diz que 140 prefeituras terão de prestar contas ao TCU
EM EVENTO NO RECIFE

Em evento no Recife, ministro da Educação diz que 140 prefeituras terão de prestar contas ao TCU