Estudantes encerram manifestação e trânsito na avenida Agamenon Magalhães é liberado

Alunos do Etepam organizaram a passeata contra a reforma no Ensino Médio, feita pelo governo Temer

TRE-PE reúne coligações para discutir regras da campanhaTRE-PE reúne coligações para discutir regras da campanha - Foto: Carla Siqueira / Especial para FOLHA DE PERNA

Um grupo de estudantes da Escola Técnica Estadual Professor Agamenon Magalhães (Etepam) realizou uma manifestação nesta quarta-feira (23). De acordo com a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), o protesto teve início por volta das 17h, com o fechamento do cruzamento das avenidas João de Barros e Norte, na Encruzilhada. 

De lá, os jovens seguiram em passeata pela rua Conselheiro Portela, no Espinheiro, em direção à avenida Agamenon Magalhães. Na altura da Praça do Derby, na área central, os manifestantes fecharam a via em ambos os sentidos. O trânsito ficou lento na região, mas o tráfego de veículos na via já foi liberado com o encerramento do ato por volta das 19h.  

Os adolescentes protestaram contra a reforma no Ensino Médio, proposta pelo governo Temer, e contra a Proposta de Emenda Constitucional 55 (antiga 241), conhecida como a PEC do teto dos gastos, que vai congelar o orçamento da União por um período de 20 anos.

Ainda conforme a CTTU, os alunos chegaram a fechar o cruzamento das avenidas João de Barros com a Norte, na Encruzilhada, durante aproximadamente 20 minutos, antes de seguirem para o centro.

Na última terça-feira (22), os alunos do Etepam já haviam realizado uma manifestação com as mesmas reivindicações, a exemplo do “Fora Temer”.

Veja também

Denúncias contra direitos humanos podem ser feitas via WhatsApp
Redes Sociais

Denúncias contra direitos humanos podem ser feitas via WhatsApp

Faculdade nega vínculo descrito por Boulos ao explicar sua renda
Eleições SP

Faculdade nega vínculo descrito por Boulos ao explicar sua renda