Estudantes ocupam a reitoria da UPE contra reformas de Temer

Alunos são contra medidas do Governo Federal

Os estudantes da UPE realizam assembleia nesta quintaOs estudantes da UPE realizam assembleia nesta quinta - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Os estudantes da Universidade de Pernambuco (UPE) ocuparam a reitoria da instituição nesta quinta-feira (20). De acordo com a vice-presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE-UPE), Laleska dos Santos, os estudantes são contra as reformas propostas pelo governo Temer, em especial a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que congela os gastos públicos primários pelos próximos 20 anos, e a Medida Provisória (MP) 746, conhecida como a Reforma do Ensino Médio.

Os alunos realizaram uma assembleia geral na tarde desta quinta para oficializar a ocupação da reitoria. A ideia é que todas as unidades de ensino da UPE, que estão em dez cidades do Estado, também tenham movimentos de ocupação.

“A gente está seguindo um posicionamento nacional. Muitas escolas, Institutos e Universidades Federais estão sendo ocupadas contra as medidas do atual governo golpista de Temer, em especial contra a PEC 241 e a MP 746. Somos completamente contrários a essas medidas, pois a gente entende que é um retrocesso para a saúde, a educação (...)”, afirmou a dirigente estudantil.

Atualmente, estão ocupados os campi da UPE em Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte, Palmares, na Mata Sul, e Petrolina, no Sertão. A previsão dos estudantes é que até esta sexta-feira (21) seja ocupado também o campus de Garanhuns. Nos demais centros da universidade, haverá assembleias na próxima terça-feira (25) para deliberar sobre movimentações.

Veja também

Casos de Covid-19 na Rocinha podem ser 62 vezes maiores que o oficial
Subnotificação

Casos de Covid-19 na Rocinha podem ser 62 vezes maiores que o oficial

Documentos perdidos no Carnaval continuam sendo entregues em Olinda
Serviço

Documentos perdidos no Carnaval continuam sendo entregues em Olinda