Estudantes ocupam escola estadual Martins Júnior

Segundo os coordenadores da ocupação, há aproximadamente 50 pessoas no local

Álvaro Porto durante encontro em GaranhunsÁlvaro Porto durante encontro em Garanhuns - Foto: Divulgação

Mais uma escola da Rede Estadual de Ensino de Pernambuco foi ocupada por estudantes e ex-alunos em protesto contra a Proposta de Emenda Constitucional 241 (agora, PEC 55 no Senado), denominada PEC do Teto dos Gastos, e contra a Medida Provisória (MP) 746, conhecida como a Reforma do Ensino Médio. O movimento ocupou na manhã desta terça-feira (8) a escola Martins Júnior, situada no bairro da Torre, Zona Oeste do Recife.

A escola foi a segunda ocupada no Recife por estudantes. Nessa segunda-feira (7), um grupo ocupou a Cândido Duarte, no bairro de Apipucos, Zona Norte da cidade.

O portal FolhaPE conversou com estudantes secundaristas a respeito da manifestação desta terça. “Achamos importante participar desse movimento nacional para barrar essas reformas”, explicou uma aluna do 3º ano da unidade de ensino, cuja identidade não foi revelada.

Segundo os coordenadores da ocupação, há aproximadamente 50 pessoas no local e o movimento ocorrerá por tempo indeterminado.

A Polícia Militar compareceu à escola, porém não houve intervenção, até o momento. Os estudantes enfatizaram que o protesto é pacífico.

Veja também

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista
Entrevista

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica