A-A+

Estudantes relatam erros no Sisu; ministro diz que não há problemas

MP pede suspensão dos calendários do Sisu, Fies e Prouni

Abraham Weintraub, ministro da EducaçãoAbraham Weintraub, ministro da Educação - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Leia também

• Arquidiocese abre preparação para Congresso Eucarístico Nacional

• Arquidiocese ganha santuário de Nossa Senhora Aparecida

• Arquidiocese lança campanha em prol de comunidade pesqueira afetada pelo óleo

Estudantes relataram na tarde sexta-feira (24), em redes sociais, erros no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) como inscrições duplicadas nas primeira e segunda opções e o aumento correspondente das notas de corte em razão do cálculo errado. Em entrevista à Rádio Nacional da Amazônia na tarde desta sexta-feira (24), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que não há problemas no Sisu. Segundo o ministro, "está tudo sob controle". "Se tivesse qualquer erro já teria sido paralisado. E assim que terminar o processo a gente vai dar transparência para todo mundo. Sistema está lento porque houve volume gigantesco”, comentou o titular do MEC.

De acordo com alguns relatos publicados, o sistema estaria considerando o canditado apto nas duas opções de cursos pretendidos, o que pode elevar as notas de corte. “Consertem as notas de corte. Você não pode estar dentro das vagas na primeira e segunda atenção opção. Isso é básico”, diz um perfil no Twitter. Outro perfil publicou uma imagem que mostra a nota zerada.

MPF
Nesta tarde, o Ministério Público Federal pediu, por meio da Procuradoria Regional dos Diretos do Cidadão (PRDC) em Minas Gerais, a suspensão das inscrições e alteração dos calendários 2020 do Sisu, do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa Universidade para Todos (Prouni). O MPF pediu à Justiça Federal que seja feita uma auditoria no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Também foi solicitado que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) realize nova conferência dos gabaritos dos alunos que fizeram o exame.

Leia também:
MPF pede à Justiça suspensão do Sisu, Fies e Prouni por erros no Enem
Mais de 1,5 milhão de estudantes já se inscreveram no Sisu


Enem
As notas do Enem 2019 foram divulgadas no dia 17 de janeiro. Após a divulgação, o ministério identificou inconsistências na correção de algumas provas. Por causa do problema, o prazo de inscrições no Sisu, que terminaria nesta sexta (24), foi prorrogado até domingo (26) para, segundo a pasta, evitar prejuízo aos candidatos.

Os resultados das inscrições do Sisu serão divulgados no dia 28 de janeiro.

Veja também

Navegue na edição digital da Folha de Pernambuco desta quinta-feira (21)
IMPRESSO

Navegue na edição digital da Folha de Pernambuco desta quinta-feira (21)

Americanos e europeus se preocupam com programa de armamento norte-coreano
Mundo

Americanos e europeus se preocupam com programa de armamento norte-coreano