MUNDO

EUA anuncia US$ 350 milhões em nova ajuda militar à Ucrânia

O secretário de Estado dos EUA, Antony BlinkenO secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken - Foto: Andrew Harnik / POOL / AFP

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, anunciou neste sábado (26) mais US$ 350 milhões em assistência militar à Ucrânia para lutar contra a invasão russa.

"Este pacote incluirá mais assistência defensiva letal para ajudar a abordar as ameaças blindadas, aéreas e de outro tipo que a Ucrânia enfrenta atualmente", declarou Blinken, em um comunicado.

O chefe da diplomacia americana lembrou que, quando a Rússia começou a acumular tropas na fronteira com a Ucrânia no último outono boreal (primavera no Brasil), o presidente Joe Biden autorizou US$ 60 milhões em assistência militar imediata a Kiev

Em seguida, aprovou mais US$ 200 milhões em dezembro, à medida que a ameaça do presidente russo Vladimir Putin se tornava mais aguda. 

Agora, os Estados Unidos autorizam um terceiro pacote, "enquanto a Ucrânia luta com coragem e orgulho contra o ataque brutal e não provocado da Rússia", afirmou.

Isso "eleva a assistência de segurança total que Washington destinou à Ucrânia no ano passado para mais de US$ 1 bilhão", acrescentou.

O novo pacote de ajuda "é outro sinal claro de que os Estados Unidos apoiam o povo da Ucrânia, enquanto defende sua nação soberana, corajosa e orgulhosa", acrescentou o secretário. 

O anúncio foi feito após uma série de sanções contra bancos, oligarcas e líderes russos por parte dos Estados Unidos e de seus aliados ocidentais para punir a economia russa, Putin e seu círculo íntimo pela invasão da Ucrânia.

Veja também

Ursula Von der Leyen renova mandato como chefe da Comissão Europeia
EUROPA

Ursula Von der Leyen renova mandato como chefe da Comissão Europeia

Homem morre após ser baleado em frente a cemitério em Olinda
POLÍCIOA

Homem morre após ser baleado em frente a cemitério em Olinda

Newsletter