Internacional

EUA consideram que oferta de negociação da Rússia à Ucrânia 'não é real'

Ministro russo diz que Rússia está disposta a negociar com a Ucrânia se o país se depuser as armas

Porta-voz do Departamento de Estado, Ned PricePorta-voz do Departamento de Estado, Ned Price - Foto: Andrew Harnik / Pool / AFP

A oferta da Rússia de manter negociações com a Ucrânia é pouco séria, afirmou nesta sexta-feira (25) o porta-voz da diplomacia americana, Ned Price.

"Vemos que Moscou sugere que a diplomacia se realize sob a mira de uma arma, quando as bombas, os disparos de morteiro e a artilharia de Moscou visam os civis", afirmou. 

O ministro das Relações Exteriores russo, Serguei Lavrov, disse nesta sexta que a Rússia está disposta a negociar com a Ucrânia se o país, sob invasão russa, "depuser as armas".

"Estamos dispostos a negociar a qualquer momento desde que as forças armadas ucranianas ouçam nosso apelo e deponham as armas", disse durante coletiva de imprensa em Moscou.

"O presidente (Vladimir) Putin tomou a decisão desta operação militar especial para desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia para que, livres desta opressão, os ucranianos possam escolher seu futuro livremente", acrescentou, dando a entender que Moscou tinha a intenção de depor o governo.

Em resposta, o porta-voz do Departamento de Estado acusou a Rússia de ter realizado uma "diplomacia fingida" com o Ocidente para ganhar tempo e preparar sua operação militar.

"Queremos deixar claro ao presidente Putin que a diplomacia sob a mira de uma arma, a diplomacia coercitiva não é algo do qual vamos participar", acrescentou. 

"Não é algo que vá pôr fim a este conflito realmente e de forma duradoura", disse. "O que queremos é que a diplomacia tenha êxito".

Veja também

Kat Torres: quem é a falsa guru do Instagram condenada por tráfico humano e escravidão
CONDENADA NA JUSTIÇA

Kat Torres: quem é a falsa guru do Instagram condenada por tráfico humano e escravidão

Red flags: os 6 sinais de que você pode levar um fora
relacionamento

Red flags: os 6 sinais de que você pode levar um fora

Newsletter