Internacional

EUA oferece recompensa de US$ 10 milhões pelo chefe do EI-K

Recompensa é também por informações que ajudem na localização dos responsáveis pelo ataque terrorista ao aeroporto de Cabul, em agosto

Presidente Joe BidenPresidente Joe Biden - Foto: Brendan Smialowski / AFP

Os Estados Unidos ofereceram nesta segunda-feira (7) 10 milhões de dólares por informações que permitam a "identificação ou localização" do líder do ramo afegão do grupo Estado Islâmico (EI-K), Sanaullah Ghafari.

A recompensa é também por qualquer dado que ajude a prender ou condenar os responsáveis do "ataque terrorista ao aeroporto de Cabul" em agosto, uma ação reivindicada pelo grupo Estado Islâmico-Khorasan (EI-K) que deixou mais de 100 mortos, entre eles 13 soldados americanos.

Veja também

Governo de São Paulo decreta emergência para dengue
SAÚDE

Governo de São Paulo decreta emergência para dengue

TJPE disponibiliza 50 vagas para casamento coletivo no Recife; saiba como participar
Recife

TJPE disponibiliza 50 vagas para casamento coletivo no Recife; saiba como participar