EUA registra 638 mortes por Covid-19 em 24 horas

O país não ficava abaixo da casa dos 1.000 óbitos desde o dia 18 de maio, quando foram computadas 759 vítimas fatais

Equipe médica socorre paciente em Nova IorqueEquipe médica socorre paciente em Nova Iorque - Foto: Spencer Platt / Getty Images North America vi

Os Estados Unidos registraram 638 novas mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, totalizando 97.686 falecimentos desde o início da pandemia, segundo contagem feita às 20h30 locais (21h30 de Brasília) deste domingo (24) pela Universidade Johns Hopkins.

O balanço apresentado neste domingo (24) representa uma queda em relação aos últimos dias, já que no sábado (23) foram 1.127 falecimentos e na sexta, 1.200. Além disso, não ficava abaixo da casa dos 1.000 óbitos desde o dia 18 de maio, quando foram computadas 759 vítimas fatais.

O país, que tem o maior número de mortos no mundo por Covid-19, registra 1.641.585 casos confirmados, de acordo com a universidade com sede em Baltimore.

Leia também:
EUA suspendem entrada de estrangeiros que passaram pelo Brasil
China alerta para 'nova Guerra Fria' com os EUA por pandemia
EUA: 35 mil vidas poderiam ter sido salvas, dizem pesquisadores


Entre as medidas para conter o avanço da doença, a Casa Branca anunciou neste domingo a proibição da entrada no território americano de viajantes provenientes do Brasil, por conta do crescimento dos casos da Covid-19 no país sul-americano.

A medida vale para todos os não-americanos que estiveram no Brasil no período de 14 dias antes da data para desembarque no território americano, informou a secretária de imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany.

O Brasil é o segundo país no mundo em casos confirmados do coronavírus, com 360.062 infectados, atrás dos Estados Unidos, e registra 22.603 mortos.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

Veja também

São João Solidário leva alimentos cultivados pelo MST para comunidades carentes da RMR
Campanha

São João Solidário leva alimentos cultivados pelo MST para comunidades carentes da RMR

Estudante morre após ser agredido com soco por colega e ficar desacordado em escola de Jaboatão
Curado

Estudante morre após ser agredido com soco por colega e ficar desacordado em escola de Jaboatão