EUA registra mais 776 mortes por Covid-19 em 24 horas

Chegou a 79.522 o número de falecimentos pela epidemia da Covid-19 nos Estados Unidos

Aumenta o número de mortes por coronavírus nos EUAAumenta o número de mortes por coronavírus nos EUA - Foto: Mario Tama / Getty Images via AFP

Os Estados Unidos registraram 776 óbitos por conta do coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem da Universidade Johns Hopkins divulgada neste domingo (10). Essas novas mortes, contadas entre as 21H30 (de Brasília) deste domingo e a mesma hora de sábado, elevam para 79.522 o número de falecimentos pela epidemia da Covid-19 nos Estados Unidos.

O total de mortos divulgado neste domingo é o menor balanço diário desde março, já que os números variavam desde então entre 1.000 e 2.000 vítimas fatais. O país - mais atingido pela pandemia em termos de número de mortes - já confirmou um total de 1.329.072 registros de infectados, informou a universidade de Baltimore.

Leia também:
Taxa de desemprego dos Estados Unidos tem pior resultado desde a Grande Depressão
Pernambuco ultrapassa mil mortes por Covid-19
Obama chama de 'desastre caótico' a forma como Trump age contra a pandemia

Apesar da doença seguir avançando no território americano, inclusive atingindo assessores próximos ao presidente Donald Trump, dois conselheiros econômicos da Casa Branca defenderam neste domingo a necessidade de uma rápida reabertura econômica.

Os comentários do secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e do assessor econômico da presidência, Larry Kudlow, acontecem apenas dois dias após o registro de um recorde de desemprego, com a perda de 20,5 milhões de postos de trabalho em abril e com os casos do novo o coronavírus ainda aumentando em vários estados.

Além disso, nos últimos dias, dois funcionários da "ala oeste", onde está localizado o Salão Oval - um militar a serviço do presidente e a porta-voz do vice-presidente Mike Pence - deram positivo para a Covid-19, apesar das rigorosas precauções de saúde tomadas pela Casa Branca.

O Instituto de Medidas e Avaliações em Saúde (IHME), que prepara projeções para o novo coronavírus, elevou esta semana sua previsão sobre o número de mortes que a pandemia causará nos Estados Unidos.

Segundo sua estimativa, haverá 137 mil mortos a partir de 4 de agosto, número que responde a um aumento "explosivo" da mobilidade em vários estados, de acordo com o diretor do instituto, Christopher Murray. A maioria dos estados americanos começou, mesmo que provisoriamente, com a reabertura de empresas e negócios, o que implica inevitavelmente maior deslocamento e maior risco de contágio.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira
Capitólio

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira

Salas têm 80% de ocupação; Defensoria diz que Inep mentiu
Enem 2021

Salas têm 80% de ocupação; Defensoria diz que Inep mentiu