EUA supera 80.000 mortes por Covid-19, diz Universidade Johns Hopkins

Nova York é o epicentro no território estadunidense, com 26.600 mortes contabilizadas

Bombeiros socorrem vítima com sintomas de Covid-19 em Maryland, nos EUABombeiros socorrem vítima com sintomas de Covid-19 em Maryland, nos EUA - Foto: Alex Edelman / AFP

Mais de 80.000 pessoas morreram nos Estados Unidos com o novo coronavírus, segundo o balanço mais recente divulgado nesta segunda-feira (11) pela Universidade Johns Hopkins, configurando o número de óbitos mais elevado registrado em um único país por COVID-19.

Os Estados Unidos têm lutado para conter a disseminação do vírus, que contagiou mais de 1,3 milhão de pessoas. O estado de Nova York é o mais afetado, com mais de 26.600 mortes declaradas.

 Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Cabo de Santo Agostinho inicia entrega de caderno de atividades para alunos da rede Municipal
Educação

Cabo de Santo Agostinho inicia entrega de caderno de atividades para alunos da rede Municipal

Méliuz anuncia mais de 100 vagas de trabalho remoto; pessoas do NE podem se inscrever
Empregos

Méliuz anuncia mais de 100 vagas de trabalho remoto; pessoas do NE podem se inscrever