ESTADOS UNIDOS

EUA vai renovar frota de aviões do "fim do mundo"; conheça a aeronave preparada para guerra nuclear

A aeronave inclui blindagem de efeitos nucleares e térmicos, controle acústico, uma instalação de controle técnico aprimorada e um sistema de ar-condicionado atualizado para resfriar componentes elétricos

Avião E-4B Nightwatch ficou conhecido durante a Guerra Fria Avião E-4B Nightwatch ficou conhecido durante a Guerra Fria  - Foto: Divulgação / Força Aérea dos EUA

Os Estados Unidos compraram cinco aviões para substituir a atual frota de aeronaves militares da Força Aérea do país, segundo a CNN. Trata-se do E-4B Nightwatch, um super avião que compõe o sistema de comando militar para o presidente dos EUA. Os jatos Boeing 747, que eram operados pela companhia sul-coreana Korean Air, são conhecidos como "aviões do juízo final".

O avião ganhou fama durante o período da Guerra Fria. Ele foi projetado para utilização em caso de emergência nacional ou destruição de centros de comando e controle em terra. "A aeronave fornece um centro de comando, controle e comunicação altamente capaz de sobreviver para direcionar as forças dos EUA, executar ordens de guerra de emergência e coordenar ações das autoridades civis", de acordo com a Força Aérea dos EUA.

O E-4B Nightwatch é uma versão militarizada do Boeing 747-200. A aeronave tem quatro motores, asas em flecha, tem de longo alcance e voa alta altitude, sendo capaz de reabastecer em voo.

O convés principal é dividido em seis áreas funcionais: área de trabalho de comando, sala de conferências, sala de briefing, área de trabalho da equipe de operações, área de comunicações e área de descanso. O avião tem capacidade para 112 pessoas sentadas, incluindo uma equipe de operações e a tripulação.

Segundo a Força Aérea americana, o E-4B é protegido contra os efeitos do pulso eletromagnético e possui um sistema elétrico projetado para suportar eletrônica avançada e uma ampla variedade de equipamentos de comunicação.

 

Além disso, a aeronave tem um sistema de comunicações por satélite que permite que aos passageiros e tripulantes façam contato com lideranças de todo planeta. Blindagem de efeitos nucleares e térmicos, controle acústico, controle técnico aprimorado e um sistema de ar condicionado para resfriar componentes elétricos também fazem parte da estrutura do avião do governo norte-americano.

"O E-4B é protegido contra os efeitos do pulso eletromagnético e tem um sistema elétrico projetado para suportar eletrônica avançada e uma ampla variedade de equipamentos de comunicação. Um sistema avançado de comunicações por satélite fornece comunicação mundial para líderes seniores por meio do centro de operações aerotransportadas. Outras melhorias incluem blindagem de efeitos nucleares e térmicos, controle acústico, uma instalação de controle técnico aprimorada e um sistema de ar-condicionado atualizado para resfriar componentes elétricos", descreve a Força Aérea.

Veja também

Avião da Singapore Airlines que passou por turbulência severa despencou 54 metros em quatro segundos
AVIAÇÃO

Avião da Singapore Airlines que passou por turbulência severa despencou 54 metros em quatro segundos

De tanto esfregar o olho, jovem precisa fazer cirurgia para tratar lesões na córnea; entenda
lesão ocular

De tanto esfregar o olho, jovem precisa fazer cirurgia para tratar lesões na córnea; entenda

Newsletter