A-A+

Ex-ministro Carlos Velloso refuta possibilidade fraude nas urnas eletrônicas

Ministro do Supremo por 15 anos e presidente do TSE por duas vezes, Velloso lembrou que as urnas eletrônicas foram implantadas justamente com o objetivo de impedir manipulações

Ex-ministro Carlos Velloso refutou possibilidade de fraude nas urnas eletrônicasEx-ministro Carlos Velloso refutou possibilidade de fraude nas urnas eletrônicas - Foto: Agência Senado

A possibilidade de haver fraude nas urnas eletrônicas foi totalmente refutada pelo ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o magistrado Carlos Velloso. Ele defendeu o sistema de votação implantado no país em 1996 - na época em que ele comandava a Justiça Eleitoral.

Leia também:
Toffoli: futuro presidente terá de garantir pluralidade política
TSE registra 1,9 mil urnas trocadas e 35 prisões

Velloso votou no fim da manhã deste domingo (28) em Belo Horizonte. "As urnas eletrônicas são absolutamente seguras. Há diversos mecanismos de segurança implantados na urna. Pensar numa fraude em relação à urna é pensar em praticamente metade da Justiça Eleitoral ser corrompida, o que é impossível", disse ele, que votou no Colégio Estadual Central, na Região Centro-Sul da capital mineira, onde também votou o ex-candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB).

Ministro do Supremo por 15 anos e presidente do TSE por duas vezes, Velloso lembrou que as urnas eletrônicas foram implantadas justamente com o objetivo de impedir manipulações. "A urna veio para acabar com a corrupção eleitoral. Há 20 anos, praticamente, realizamos eleições pela urna eletrônica sem um recurso, sem uma impugnação séria", afirmou o magistrado, que preferiu não declarar em quem votaria. "Poderia falar, mas não devo". O ex-ministro também rejeitou a hipótese de que haja risco para as instituições democráticas dependendo do resultado do pleito deste domingo e usou como exemplo os 30 anos da Constituição Federal. "Já ocorreram dois impeachments sem nenhum problema, sem nenhum pronunciamento de caudilhos. Cada um de nós tem que dar o seu testemunho em favor da liberdade, em favor da democracia, em favor da Justiça", concluiu.

Veja também

Mesmo com tempo nublado e ondas mais fortes, domingo é de praias lotadas no Recife
Litoral

Mesmo com tempo nublado e ondas mais fortes, domingo é de praias lotadas no Recife

Padre é preso por desviar dinheiro de fiéis para financiar orgias com drogas
ITÁLIA

Padre é preso por desviar dinheiro de fiéis para financiar orgias com drogas