A-A+

Ex-vereador de Jaboatão é assassinado a tiros no Curado II

O crime ocorreu no final da tarde de sexta-feira (28), próximo à feira do bairro, onde Edson Severiano de Oliveira já tinha sofrido uma outra tentativa de homicídio no ano passado

O ex-vereador do bairro do Curado II, em Jaboatão, já tinha sofrido uma tentativa de homicídio em outubro do ano passadoO ex-vereador do bairro do Curado II, em Jaboatão, já tinha sofrido uma tentativa de homicídio em outubro do ano passado - Foto: Reprodução

O ex-vereador Edson Severiano de Oliveira, 52, mais conhecido por ‘Louro’ foi morto a tiros no final da tarde da última sexta-feira (28) no bairro do Curado II, em Jaboatão dos Guararapes.

Segundo informações da Polícia Civil (PC), o assassinato aconteceu na Avenida Leonardo da Vinci, próximo a feira do Curado II. Louro chegou a ser levado para a UPA do bairro, que segundo a direção da unidade de pronto atendimento, deu entrada por volta das 18h com três perfurações entre o tórax e os membros inferiores, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito às 20h. A PC já iniciou as investigações para identificar a autoria e motivação do crime.

Leia também:
Vereador que propôs desligamento de lombadas critica recuo da CTTU
Vereadores do Cabo de Santo Agostinho são investigados

velório do ex-vereador do Curado II, acontece na quadra do antigo Colégio Souza Leão, que fica próximo a UPA, na Avenida Leonardo da Vinci. O enterro será às 16h no Cemitério Parque das Flores, no bairro de Tijipió. Esse foi o segundo atentado contra Louro. Em outubro do ano passado, ele sofreu uma tentativa de homicídio na mesma feira do bairro. Três homens encapuzados atingiram Edson com seis tiros, mas o motivo do crime não foi revelado.

Veja também

Pesquisa revela que apenas 17% das pessoas conhece o principal fator de risco do câncer colorretal
Saúde

Pesquisa revela que apenas 17% das pessoas conhece o principal fator de risco do câncer colorretal

Adolescente passa por cirurgia de 6 horas para reimplantar braço amputado no ônibus
RMR

Adolescente passa por cirurgia de 6 horas para reimplantar braço amputado no ônibus