Exagero no álcool é ocorrência frequente nos postos do Samu

Mal-estar gerado pelo calor, desidratação ou má alimentação também são frequentes entre os quase 300 atendimentos registrados desde a quarta-feira (7) apenas no polo do Marco Zero

Coordenador-geral do Samu Metropolitano, Leonardo GomesCoordenador-geral do Samu Metropolitano, Leonardo Gomes - Foto: Rafael Furtado

Exagero na ingestão de bebidas alcoólicas tem sido o caso mais frequente nos postos de atendimento do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) neste Carnaval. Apenas o polo do Marco Zero no Bairro do Recife registrou cerca de 300 ocorrências desde a quarta-feira (7).

Segundo o coordenador-geral do Samu na Região Metropolitana, Leonardo Gomes, grande parte dos casos se tratam de pessoas que não se hidratam de forma adequada ou não se alimentam bem antes de ingerir bebida alcoólica, bem como há aqueles que fazem uso excessivo da bebida.

Leia também:
[Vídeo] Samu dá dicas de primeiros socorros para o Carnaval


Também são atendidos pequenos traumas, pessoas que se acidentaram durante a brincadeira, que sofrem quedas no meio da multidão. O mal-estar causado pelo calor ou pela desidratação também são ocorrências frequentes. Algumas pessoas chegam a desmaiar e até mesmo sofrer queda de pressão.

O dia com o maior número de atendimentos no Marco Zero, até a publicação desta matéria, foi a segunda-feira (12) com 140, enquanto que o sábado de Zé Pereira (10), dia do Galo da Madrugada, teve registrados 39 atendimentos.

Balanço de atendimentos do Samu no polo Marco Zero no Carnaval 2018:
Quarta-feira (07) - 03 atendimentos
Quinta-feira (08) - 06 atendimentos
Sexta-feira (09) - 50 atendimentos
Sábado (10) - 39 atendimentos
Domingo (11) - 53 atendimentos
Segunda-feira (12) - 140 atendimentos

Veja também

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19
Coronavírus

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h