Experiências bem sucedidas na Caatinga serão apresentadas na Alepe

Entre os projetos, está o Papagaio da Caatinga, do biólogo Yuri Marinho Valença, veiculado em matéria da Folha de Pernambuco em maio deste ano

Projeto devolveu a liberdade para 289 papagaios, sendo 157 em Salgueiro e os demais em ExuProjeto devolveu a liberdade para 289 papagaios, sendo 157 em Salgueiro e os demais em Exu - Foto: CPRH / divulgação

Bioma exclusivamente brasileiro, a Caatinga será reverenciada nesta quarta-feira (13), às 9h, na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), com o seminário "Experiências Exitosas no Bioma Caatinga". O evento integra o calendário do Junho Verde, iniciativa da Casa Legislativa em alusão ao mês do meio ambiente.

O seminário, que ocorrerá no Auditório Ênio Guerra da Alepe, irá apresentar, entre outras iniciativas voltadas ao ecossistema, o projeto Papagaio da Caatinga, de autoria do biólogo Yuri Marinho Valença, que hoje coordena o Centro de Triagem de Animais Silvestres Tangara (Cetas Tangara), da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).

Leia também:
Sertão de Pernambuco abriga projeto para sobrevivência dos papagaios-verdadeiros; veja fotos
Papagaio imita voz de dona e faz pedido em loja online  

O projeto Papagaio da Caatinga é um programa de conservação que, nos últimos seis anos, devolveu a liberdade para 289 papagaios - 157 em Salgueiro e os demais em Exu. A iniciativa ganhou espaço em matéria veiculada na Folha de Pernambuco em maio deste ano.

Caatinga
A Caatinga ocupa cerca de 844 mil quilômetros quadrados, sendo responsável por 11% de todo o território brasileiro. O bioma engloba os estados de Pernambuco, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e o norte de Minas Gerais.

Dotada de uma biodiversidade ímpar, com registro de aproximadamente 932 espécies de plantas, 187 de abelhas, 240 de peixes, 167 de répteis e anfíbios, 510 tipos diferentes de aves e 148 de mamíferos segundo dados da Conservação Internacional (CI),  a Caatinga abriga também cerca de 27 milhões de pessoas.

Veja também

Caminhão mata 15 pessoas que dormiam em estrada na Índia
Tragédia

Caminhão mata 15 pessoas que dormiam em estrada na Índia

Meghan tenta evitar julgamento em caso contra jornal britânico por invasão de privacidade
FAMÍLIA REAL

Meghan tenta evitar julgamento em caso contra jornal britânico por invasão de privacidade