Pernambuco

Fábrica que produz biscoitos, como Oreo, teve princípio de incêndio em Vitória de Santo Antão

Chamas foram controladas por Brigada de Incêndio da empresa e podiam ser vistas da BR-232

Fábrica é uma das maiores da Mondelez, sendo conhecida por produzir famoso biscoito OreoFábrica é uma das maiores da Mondelez, sendo conhecida por produzir famoso biscoito Oreo - Foto| Divulgação

A fábrica de biscoitos da Empresa Mondelez, em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, passou por um princípio de incêndio neste domingo (26). O Corpo de Bombeiros disse à Folha ter sido acionado por volta das 12h45, mas a ocorrência foi cancelada antes da chegada da corporação ao local. 

Chamas apareceram no teto dos galpões, mas a Brigada de Incêndio da emprega as conteveA própria brigada de incêndio da Mondelez extinguiu as chamas. Foto| Reprodução

A própria brigada de incêndio da Mondelez, que produz uma variedade de biscoitos, inclusive o Oreo, extinguiu as chamas. O fogo apareceu no teto de galpões e produziu fumaças que foram visíveis da BR-232.


A companhia informou que ninguém ficou ferido, embora parte da linha de produção tenha sido afetada. Ainda assim, contudo, as atividades no local foram restabelecidas de forma parcial ao longo da tarde. A fábrica disse, ainda, que irá investigar as causas do incêndio, porém garantiu que ele foi controlado rapidamente.


“A Mondelez International esclarece que na tarde de 26 de março, identificou princípio de incêndio em uma linha da fábrica de Vitória de Santo Antão, em Pernambuco, que rapidamente foi controlado pela Brigada de Incêndio da empresa. Nenhum funcionário foi ferido e a apuração para identificar as causas do incêndio foram iniciadas. A produção da fábrica foi parcialmente restabelecida de forma segura”, diz a nota.


A Mondelez produz uma variedade de biscoitos, como Oreo, Trakinas e algumas linhas de Club Social. A fábrica atua em mais de 150 países.

Veja também

Eletrobras: trabalhadores poderão entrar em greve a partir de 3 de junho
Eletrobras

Eletrobras: trabalhadores poderão entrar em greve a partir de 3 de junho

PRF prende envolvido no 8 de janeiro que tentava fugir para Argentina
Fuga

PRF prende envolvido no 8 de janeiro que tentava fugir para Argentina

Newsletter