A-A+

Falha na rede elétrica paralisa ramal Jaboatão do Metrô

Operação deve ser retomada no final da tarde desta quinta-feira (19)

Estação Jaboatão do MetrôEstação Jaboatão do Metrô - Foto: Reprodução

O ramal Jaboatão da Linha Centro do Metrô do Recife interrompeu sua operação às 9h30 desta quinta-feira (19). Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), a paralisação foi necessária por causa de uma falha na rede elétrica do sistema nas proximidades da Estação Jaboatão. A operação voltou às 11h20.

O trecho inclui as estações Jaboatão, Cavaleiro, Floriano e Engenho Velho e deverá ter a operação retomada no final da tarde desta quinta, de acordo com a CBTU. Segundo o porta-voz da Companhia, Salvino Gomes, os técnicos voltarão a trabalhar na manutenção às 23h, após o término da operação.

Leia também:
Viagem com Papai Noel anima crianças no Metrô do Recife
Problema em peça atrasa viagens na Linha Sul do Metrô

"Os técnicos foram acionados e, após constatarem o perigo de rompimento da rede elétrica, desenergizaram a via. Ao que tudo indica, até o final da tarde, por volta das 18h, deverá voltar a funcionar normalmente", garante o porta-voz. "Foi um serviço essencial para que o passageiro volte para casa normalmente. À noite a equipe volta a campo e conserta tudo", acrescentou Salvino. O serviço deverá ser finalizado totalmente às 5h.

Segundo a Companhia, durante o período da paralisação deveriam ser realizadas 13 viagens Recife-Jaboatão e 10 viagens Jaboatão-Recife. Até 27.600 passageiros podem ser afetados com a parada no ramal. Em todo o dia, são 43 mil passageiros atendidos.

Para minimizar os impactos da paralisação, o Grande Recife Consórcio colocou em prática um plano de contingência. Passageiros que vêm em direção ao Recife poderão contar com o reforço da linha 200 – Jaboatão (Parador) e a ativação da linha especial ligando os terminais de Jaboatão e do Barro. Equipes do Consórcio estão acompanhando a operação para fazer os ajustes necessários.

O ramal Camaragibe da Linha Centro, a Linha Sul e o VLT funcionam normalmente. A CBTU lamentou, em nota, os transtornos causados. 

Veja também

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI
CNI

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI

ONU teme 'crimes hediondos em massa' em Mianmar
Direitos Humanos

ONU teme 'crimes hediondos em massa' em Mianmar