[FALTA FOTO] Brigada Maria da Penha começa a funcionar no Recife

Serviço dará suporte às mulheres atendidas pelo Centro de Referência Clarice Lispector

No Recife, a Prefeitura ativou nesta quinta-feira (8), no Dia Internacional da Mulher, a Brigada Maria da Penha. A nova divisão da Guarda Municipal será voltada para acompanhar as mulheres vítimas de violência. As ações iniciais vão dar suporte primeiramente às mulheres atendidas pelo Centro de Referência Clarice Lispector, que acolhe mulheres sob medidas protetivas e em situação de violência.

Esteve presente no evento Cida Pedrosa, secretária da Mulher. "A luta para garantir os direitos das mulheres e as nossas vidas é diária. Nós queremos mais que flores nesse dia internacional da mulheres. Nós queremos igualdade. Enquanto tivermos uma mulher oprimida e sofrendo violência, não teremos a qualidade de vida que o mundo precisa".

Leia também:
Recife lança Brigada Maria da Penha para mulheres com medidas protetivas
Doença renal atinge 195 milhões de mulheres no mundo


"As mulheres têm que ocupar os espaços de poder para poder mudar o mundo. A missão de diminuir as desigualdades não é só das mulheres, mas de todos os homens que acreditam no bem viver", completou Cida.

O prefeito do Recife, Geraldo Júlio, disse em discurso no ato de lançamento da Brigada que as comemorações não devem arrefecer no resto do ano e a saída é a militância feminina. "Que a gente faça de todos os dias do ano o dia da mulher e que essa pauta seja diária entre todos os brasileiros". Ele ainda reforçou que é importante olhar principalmente as mulheres nos locais mais longínquos e pobres, porque estão em situação mais sensível. Eu sou feminista com muito orgulho", afirmou.

Brigada Maria da Penha
A Brigada Maria da Penha foi lançada pela Prefeitura do Recife em 7 de dezembro. O equipamento busca proteger as mulheres na cidade. O serviço é voltado para o acompanhamento das mulheres atendidas no Centro Clarice Lispector que solicitaram medidas protetivas.

Mulheres com medidas protetivas terão o acompanhamento da Guarda Municipal. A equipe da brigada será composta por oito guardas municipais, sendo metade mulheres, mais uma coordenadora. O grupo integra ainda a Rede Municipal de Proteção à Violência contra a Mulher.

Veja também

'Digam a meus filhos que amo eles', as últimas palavras da brasileira vítima de ataque em Nice
França

'Digam a meus filhos que amo eles', as últimas palavras da brasileira vítima de ataque em Nice

Dia de luta contra o reumatismo é lembrado no país nesta sexta-feira
Reumatismo

Dia de luta contra o reumatismo é lembrado no país nesta sexta