Falta o comparecimento do torcedor alvirrubro

Náutico tem contra o Vasco, sábado, a oportunidade para melhorar números nas arquibancadas da Arena de Pernambuco

Filme "Rogue One"Filme "Rogue One" - Foto: Divulgação

A torcida do Náutico está devendo quando o assunto é ir a campo nesta Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar da irregularidade dentro das quatro linhas, o time está vivo numa luta ferrenha para alcançar o G4 e conquistar o acesso. Falta o torcedor. Na competição, o Timbu tem uma média de 3.005 pagantes e, no total, 39.071 alvirrubros estiveram nas partidas da equipe - somando os 13 como mandante e incluindo o confronto no Arruda, diante do Bragantino. Com este número sequer daria para lotar a Arena, que tem a capacidade total de 46.154 pessoas.

Mesmo se contar com os não pagantes, a diferença seria pequena. O montante daria em 51.702 torcedores. O que mostra os públicos baixos do Náutico e deixa o clube apenas com a 14ª média na segunda divisão. A partida do Timbu com mais alvirrubros foi na goleada por 5x1 sobre o Paraná, com 8.003 pagantes.

Nos últimos dois anos, a presença dos torcedores na Arena de Pernambuco foi maior. Em 2014, a média foi de 6.248 alvirrubros por jogo, a 6ª melhor entre os 20 clubes da Série B. Já em 2015, uma pequena queda para 5.654 torcedores caindo para 8° no quesito, embora a equipe tenha brigado pelo acesso até as últimas rodadas.

A oportunidade para melhorar este número será na partida contra o Vasco, sábado, às 16h30, na Arena de Pernambuco. E a expectativa de público é boa após duas vitórias seguidas sob o comando de Givanildo Oliveira. O Náutico diminuiu a desvantagem para os concorrentes e voltou a encostar no G4. Até o início da noite de ontem, cerca de 2 mil ingressos foram vendidos. Mas a diretoria e os jogadores esperam que o público chegue pelo menos na casa dos 15 mil torcedores.

De acordo com o goleiro Júlio César, uma boa presença de alvirrubros na Arena pode ajudar a equipe no confronto mais complicado da Série B. O Vasco é o atual líder da competição com 51 pontos. “O torcedor em campo ajuda bastante. A gente conseguiu mostrar que tem força para chegar. Que a torcida possa, agora, nos apoiar. Com o torcedor do lado, ficamos mais fortes”, afirmou o camisa 1.

INGRESSOS À VENDA

Para o jogo diante do Vasco, os bilhetes seguem sendo vendidos com preços promocionais, até às 11h de sábado. Os sócios pagam R$ 15 e R$ 10 para os setores Leste e Sul, respectivamente. Para o público geral, custa R$ 15 para o Sul. Além da sede do Náutico, os ingressos estão sendo comercializados na Carol Esportes (Areias), na PE Retrô (Shopping Tacaruna, Riomar e Boa Vista) e Lojas Water (Recife e Plaza).

Veja também

MEC abre consulta pública do novo Catálogo Nacional de Cursos Técnicos
Educação

MEC abre consulta pública do novo Catálogo Nacional de Cursos Técnicos

Com Covid-19, prefeito de Manaus é transferido para o Sírio-Libanês
Coronavírus

Com Covid-19, prefeito de Manaus é transferido para o Sírio-Libanês