Família procura por aposentado desaparecido em Jaboatão

Manoel do Nascimento, de 75 anos, foi visto pela última vez próximo à Igreja Central no bairro do Barro. Família faz apelo para quem tiver notícias entrar em contato pelos números (81) 3251-2732 ou (81) 9.9665-6362

Manoel do Nascimento Urbano, 76, despareceu no dia 9 de fevereiroManoel do Nascimento Urbano, 76, despareceu no dia 9 de fevereiro - Foto: Cortesia/ Facebook

O aposentado Manoel do Nascimento Urbano, de 75 anos, está desaparecido desde a última sexta-feira (9). Familiares estão pedindo ajuda através das redes sociais para encontra-lo, já que Manoel tem Alzheimer e problemas com bebidas alcoólicas. No dia do desaparecimento o aposentado estava trajando uma bermuda bege e uma camisa regata vermelha. Segundo informou a família, Manoel reapareceu no domingo (11).

O filho mais velho do aposentado, o corretor de imóveis Emanoel José de Souza Urbano, contou que a rotina do pai era sair de casa cedo, ir a alguma mercearia, supermercado e frequentar alguns bares do bairro de Tejipió, onde mora, e no Centro de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Leia também:
Idoso que sumiu em Camaragibe continua desaparecido


“No sábado (10), soubemos por um dos colegas dele que ele havia sido visto às 15h, no Centro de Jaboatão. Depois, uma outra pessoa informou que ele havia sido visto as 19h nas proximidades da Igreja Central, no Barro. Estamos todos muito preocupados, ele não aceita fazer o tratamento correto tanto para o Alzheimer quanto para a questão da bebida”, disse o corretor. 

“Fizemos uma buscas nos hospitais, mas não houve entrada de nenhum paciente com o nome dele. Vamos prestar queixa à polícia”, disse. A família faz um apelo para quem tiver notícias entrar em contato pelos números (81) 3251-2732 ou (81) 9.9665-6362.

Veja também

Amazônia já tem mais queimadas em 2020 do que em todo o ano passado
meio ambiente

Amazônia já tem mais queimadas em 2020 do que em todo o ano passado

Pandemia causa atrasos nas obras de recuperação de Mariana
Mariana

Pandemia causa atrasos nas obras de recuperação de Mariana