Notícias

Fellaini deixa hospital depois de três semanas internado

Meio-campo ex-Manchester United precisará passar 14 dias de isolamento social

Marouane Fellaini comemorando gol pelo Manchester UnitedMarouane Fellaini comemorando gol pelo Manchester United - Foto: Paul Ellis/AFP

O belga Marouane Fellaini, único jogador a atuar na elite do futebol chinês a dar positivo para coronavírus, deixou o hospital depois de três semanas internado, anunciou o clube nesta terça-feira (14).

"Fellaini foi testado e, após ver que está curado, pôde deixar o hospital hoje (14)", anunciou em breve comunicado o Shandong Luneng, clube da cidade de Jinan (leste), onde o belga de 32 anos joga há um ano.

O ex-jogador do Manchester United deverá respeitar 14 dias de isolamento social, como prevê o protocolo chinês, antes de poder ser reintegrado ao elenco do clube e voltar a treinar. O anúncio de sua doença, em 22 de março, logo após sua volta à China, adiou os planos da federação de retomar as atividades do futebol profissional no país.

Leia também:
Goleiro que enfrentou seleção do penta é internado com Covid-19
Após perder pai e avô, Montillo tem mãe diagnosticada com a Covid-19


A China, epicentro da pandemia da Covid-19, controlou, segundo os dados, a propagação do coronavírus, mas as autoridades temem uma segunda onda de contaminação, procedente de casos importados do estrangeiro.

Veja também

Recife inicia Campanha Nacional de Multivacinação em 150 unidades de saúde da cidade
imunização

Recife inicia Campanha Nacional de Multivacinação em 150 unidades de saúde da cidade

Homem compra caminhonete roubada e termina detido em Petrolina
Polícia

Homem compra caminhonete roubada e termina detido em Petrolina