Feras que farão prova em locais ocupados podem ter Enem adiado

Prova poderá ser realizada nos dias 6 e 7 de dezembro, candidatos privados de liberdade e jovens sob medida socioeducativa também farão o exame.

O secretário Iran Costa recebeu o  prefeito Marcello Maranhão e o deputado licenciado e secretário Felipe CarrerasO secretário Iran Costa recebeu o prefeito Marcello Maranhão e o deputado licenciado e secretário Felipe Carreras - Foto: Divulgação

Os estudantes que não conseguirem fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no sábado (5) e domingo (6) por causa das ocupações nas escolas e institutos federais podem ter a prova adiada para os dias 6 e 7 de dezembro deste ano. Essa nova data já foi definida para que os candidatos privados de liberdade e jovens sob medida socioeducativa fizessem o exame.

O local de prova deve ser o mesmo do cartão de inscrição, caso as ocupações tenham terminado. O Ministério da Educação (MEC) disse as ocupações têm até 23h59 desta segunda-feira (31) para serem encerradas e que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) dará coletiva na terça-feira (1º).

Ocupação

Centros de educação em diversos o país encontram-se ocupados por estudantes como forma de protesto contra a PEC de redução de gastos públicos, que prevê um congelamento em Educação por vinte anos. Outra pauta do movimento é a reforma do Ensino Médio, a qual os estudantes também são contrários.

Veja também

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021
carnaval

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França, informa Itamaraty
internacional

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França