Feriado de homenagem à padroeira do Brasil

No Ipsep, Zona Sul da Capital, centenas de católicos seguiram a programação preparada pela Arquidiocese de Olinda e Recife

Fiéis renderam homenagens a Nossa Senhora Aparecida na paróquia do IpsepFiéis renderam homenagens a Nossa Senhora Aparecida na paróquia do Ipsep - Foto: Bruno Campos/Folha de Pernambuco

Esta quarta-feira (12), feriado de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, foi de devoção e diversão no Recife. No Ipsep, Zona Sul da Capital pernambucana, centenas de católicos seguiram a programação preparada pela Arquidiocese de Olinda e Recife (AOR). No Parque Treze de Maio, em Santo Amaro, região Central da Cidade, milhares de famílias aproveitaram o Dia das Crianças com o Palhaço Chocolate.

Da programação religiosa, a missa solene proferida pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, e a procissão que seguiu pelo bairro foram as que reuniram mais católicos. Centenas seguiram os carros que levavam as imagens religiosas. Entre eles, Margarida Alacock, 59. “Eu venho todos os anos, desde 2000. Acho que, de lá para cá, mais gente tem começado a vir. Percebo que a fé do brasileiro está aumen­tando”, avaliou.

Devota da padroeira, Margarida diz já ter recebido diversas graças. Daniela Lins, 38, também. Pela cura do filho Davi Lucas, de 1 ano e 9 meses, que teve início de pneumonia, passou a frequentar a procissão com ele, sempre vestido de anjo. “Vim toda equipada para ele aguentar todo o caminho. Repetiremos isso até ele completar cinco anos.”

Para Saburido, a data é especial porque a padroeira representa humildade. “Ela serviu muito. Estamos em um momento do País em que é importante ser humilde. Ela apareceu para pescadores pobres e, depois disso, houve abundância na pesca”, acreditou. Dia das Crianças No Parque Treze de Maio, milhares de crianças aproveitaram o feriado para se divertir. Marcelo Castro, 45, levou os dois filhos, de 5 e 7 anos, para o local. “É difícil ter uma atração gratuita na Cidade. Quando tem, temos que aproveitar. É uma vez no ano, só, e os meninos adoram”, contou o professor, que mora na Várzea, a 12 quilômetros do Parque.

Veja também

Amazônia tem 14º mês seguido de aumento de desmate, e derrubada em junho é a maior desde 2016
Meio Ambiente

Amazônia tem 14º mês seguido de aumento de desmate, e derrubada em junho é a maior desde 2016

Lei que proíbe fornecimento de canudos em Pernambuco é aprovada pela Alepe
Meio ambiente

Lei que proíbe fornecimento de canudos em Pernambuco é aprovada pela Alepe