Fernando de Noronha controla plantas exóticas

Próximo mutirão ocorre depois de amanhã, também na praia do Leão.

Praia do Sancho é um dos alvos da ação do ICMBio na ilhaPraia do Sancho é um dos alvos da ação do ICMBio na ilha - Foto: Arthur de Souza

O Núcleo de Gestão Integrada do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em Fernando de Noronha deu início a um mutirão para controle de espécies de plantas exóticas (não nativas da região). A ação, que será semanal, focou primeiramente na praia do Leão, inserida no Parque Nacional Marinho do arquipélago. As praias da ilha sofrem com a invasão das plantas linhaça (Leucaena leuchocefala), crotalaria (Clotalaria spp), flor-de-seda (Calotropis procera), coronha (Acacia farnesiana) e chumbinho (Lantana camara). O próximo mutirão ocorre depois de amanhã, também na praia do Leão. 

De acordo com o gestor do ICMBio Noronha, Felipe Mendonça, a invasão de vegetação exótica, além de ameaçar a flora nativa, compromete a vegetação característica de restinga, responsável pela manutenção das dunas. Ao segurar os bancos de areia, a restinga evita que os ventos arrastem sedimentos para o mar, combatendo o assoreamento.
“Mesmo preocupante, a invasão ainda é inicial. O método de controle é o mecânico (manual). O trabalho consiste na remoção das raízes, para evitar que elas rebrotem, e na retirada dos frutos para evitar a dispersão de sementes”, detalhou. Os frutos são colocados em sacos e as plantas, após arrancadas, são deixadas no local para entrar em processo natural de decomposição.
Além do controle, são realizadas pesquisas para o manejo de espécies exóticas nas áreas em estágio mais avançado de invasão, com métodos de controle químico e biólogo. Não há data de quando o mutirão será finalizado. As próximas praias a receberem a ação são a do Sancho e do Porto Santo Antônio. “Ao terminarmos as praias no parque marinho, vamos para as que compõem a APA (Área de Proteção Ambiental).

Veja também

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil
VACINAÇÃO

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil

Primeiras doses da vacina AstraZeneca/Oxford chegam a Pernambuco neste domingo
VACINAÇÃO

Primeiras doses da vacina AstraZeneca/Oxford chegam a Pernambuco neste domingo