Festival de Dança encolhe em 2016

Evento terá 18 apresentações, ante as 24 do ano passado. Maior parte das atrações é local

Danilo Cabral é deputado federal pelo PSBDanilo Cabral é deputado federal pelo PSB - Foto: Sérgio Francês/Divulgação

Divulgada com apenas três dias de antecedência e sem muito alarde, a programação do Festival Internacional de Dança do Recife está ainda menor do que no ano anterior. Nesta 21ª edição, o evento perdeu um dia e será realizado entre 22 e 29 de outubro. O encolhimento ocorre também no número de apresentações - serão 18, em vez das 24 promovidas em 2015. Apesar da intenção de ser um festival internacional, há apenas uma atração de fora do Brasil: “Un animal dentro de un animal”, do grupo argentino Archipiélago Danza Teatro, que poderá ser visto no dia 24. O foco é, declaradamente, a produção local. A abertura, por exemplo, fica por conta de “Nordeste, a dança do Brasil”, do Balé Popular do Recife. Também fazem parte da programação companhias de outros estados, como a Focus Cia. de Dança, que encena “Saudade de mim”, e a Camaleão Grupo de Dança (MG), apresentando “Traz-humante”. As sessões ocorrem nos teatros de Santa Isabel, Apolo, Hermilo Borba Filho, Barreto Júnior e Luiz Mendonça, além do Paço do Frevo, Torre Malakoff e Praça do Arsenal. 

Confira detalhes da programação.

No Ceará
Pernambuco terá forte presença na V Bienal Internacional de Dança do Ceará - De Par Em Par, que será realizada de amanhã a 30 de outubro, em Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte, Paracuru, Itapipoca e Trairi. Quatro bailarinos do Estado estarão no evento, apresentando espetáculos e participando de debates. São eles: Antônio Nóbrega, Jorge Garcia, Helder Vasconcelos e Ângelo Madureira.

TEMPORADA > O espetáculo de dança “Os superficiais” está de volta ao Teatro Arraial Ariano Suassuna, para cumprir temporada que começa amanhã e segue até o próximo dia 5 de novembro, sempre às 20h. Com direção de Marcelo Sena, a montagem da Cia. Etc. tem como objetivo discutir as relações estabelecidas no mundo pós-moderno. A inspiração vem da experiência vivida nas redes sociais. Os ingressos serão cobrados através de contribuição voluntária. Informações: (81) 3184-3057.

 

Veja também

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista
Entrevista

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica