FHC desmente a apoio a Haddad e ameniza contraponto a Bolsonaro

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) voltou a negar nesta segunda (8) apoio a Fernando Hadddad (PT) no segundo turno contra Jair Bolsonaro (PSL)

O ex-presidente disse que preferia que Moro fosse para o STFO ex-presidente disse que preferia que Moro fosse para o STF - Foto: Fhc/pt.org

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) voltou a negar nesta segunda (8) apoio a Fernando Hadddad (PT) no segundo turno contra Jair Bolsonaro (PSL). "As redes divulgam que apoiarei Haddad. Mentira: nem o PT nem Bolsonaro explicitaram compromisso com o que creio. Por que haveria de me pronunciar sobre candidaturas que ou são contra ou não se definem sobre temas que prezo para o país e o povo?", escreveu nas redes sociais.

Ele editou declaração que havia dado ao site Poder360. Inicialmente descartou explicitamente apoio a Bolsonaro e deixou em aberto a possibilidade de endossar Haddad.

Leia também:
Ciro discute com líderes do PDT estratégia de apoio no segundo turno
Não sou igual ao Bolsonaro e não apoio integralmente as posições dele, diz Doria


"Não tenho a menor condição de apoiar o reacionarismo cultural do Bolsonaro e não sinto vontade de engordar o caudal petista que nos trouxe para o desastre econômico e para a corrupção sistêmica como base de sustentação do poder", disse ao site.

Depois, nas redes, escreveu que "não concorda com o reacionarismo cultural e o descompromisso institucional de uns vitoriosos e tampouco com a corrupção sistêmica e com apoio ao arbítrio na Venezuela e em outros países".

Veja também

Rússia nega recusa da Sputnik V e diz que Anvisa pediu mais dados
Vacina

Rússia nega recusa da Sputnik V e diz que Anvisa pediu mais dados

Domingo de desrespeito nas praias com banhistas sem o uso da máscara; pontos de aglomerações com son
Praias

Domingo de desrespeito nas praias com banhistas sem o uso da máscara; pontos de aglomerações com son