FHC diz que declaração de filho de Bolsonaro sobre o STF 'cheira a fascismo'

Ex-presidente repudiou a declaração do deputado Eduardo Bolsonaro sobre fechar o Supremo Tribunal Federal (STF)

Supremo Tribunal FederalSupremo Tribunal Federal - Foto: José Cruz/Agência Brasil

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) repudiou a declaração do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do candidato a presidente Jair BOlsonaro (PSL), sobre fechar o STF (Supremo Tribunal Federal).

Leia também:
Câmara pagou voos de Eduardo Bolsonaro para treinos de tiro
"Nós estamos com a mão na faixa", diz Bolsonaro

"As declarações do deputado Eduardo Bolsonaro merecem repúdio dos democratas. Prega a ação direta, ameaça o STF. Não apoio chicanas contra os vencedores, mas estas cruzaram a linha, cheiram a fascismo. Têm meu repúdio, como quaisquer outras, de qualquer partido, contra leis, a Constituição", afirmou FHC nas redes sociais neste domingo (21).

Um vídeo replicado na internet mostra Eduardo Bolsonaro dizendo que, "se quiser fechar o STF, você não manda nem um jipe. Manda um soldado e um cabo, sem querer desmerecer o soldado e o cabo".

Veja também

Ideologia levam médicos a receitar tratamento precoce contra Covid, diz presidente da AMB
Medicina

Ideologia levam médicos a receitar tratamento precoce contra Covid, diz presidente da AMB

Tornado deixa um morto e vários feridos no Alabama
Desastre natural

Tornado deixa um morto e vários feridos no Alabama