Rio de Janeiro

"Fica calma, vai dar tudo certo", diz mãe de influencer presa enquanto filha entra em viatura

Karina Laino Gomes, de 27 anos, foi detida por posse ilegal de arma de fogo. Na sexta, ela teve a prisão em flagrante convertida em preventiva

Digital influencer Karina LainoDigital influencer Karina Laino - Foto: Reprodução redes sociais

“Fica calma, ta? Vai dar tudo certo”. As frases foram ditas pela mãe da influenciadora digital Karina Laino Gomes, de 27 anos, enquanto a filha entrava numa viatura da 33ª DP (Realengo), na noite da última quarta-feira.

Karina foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, mas vinha sendo investigada desde o final de março, por suspeita de integrar uma quadrilha que atua roubando clientes na saída de agências bancárias.

Na tarde de sexta-feira (9), ela e seu comparsa — preso na mesma ocasião — tiveram suas prisões em flagrante convertidas em preventiva.

— Fica calma, ta? Vai dar tudo certo. Te amo, ta? Vai com Deus. Vai com calma, Karina. Você não está sozinha. Deus te abençoe — gritou a mãe, Silvana Laino, enquanto a filha entrava na viatura.

Karina, segundo as investigações, atua como motorista para a quadrilha. Com ela, também foi preso em flagrante Edmilson Souza da Silva. Eles são suspeitos de terem cometido, ao menos, três roubos na prática conhecida como “saidinha de banco”.

A polícia investiga se a dupla também participou de outros crimes nas regiões da Zona Oeste do Rio e na Baixada Fluminense. Ainda não se sabe a relação dos dois.

Em algumas ações do grupo, a influenciadora usava máscaras faciais para não ser reconhecida, conforme aponta a polícia. Segundo as investigações, Karina estacionava o veículo em frente à agência, o comparsa descia e, armado, abordava as vítimas na área dos caixas eletrônicos. Karina aguardava seu retorno, para, então, fugirem.

Influenciadora digital
Moradora de Coelho Neto, na Zona Norte do Rio, Karina tem pouco mais de 63 mil seguidores no TikTok e 54 mil no Instagram. Em geral, ela costumava publicar fotos e vídeos exibindo suas viagens ao Nordeste, seu corpo e suas tatuagens, além de participar de “trends”.

“A dor e a delícia de ser o que é”. É assim que a influenciadora se define nas redes sociais. Numa das postagens, ela chegou a fazer uma brincadeira: “Se ser ciumenta e neurótica fossem considerados crimes, eu já estaria presa”.

Veja também

Fiocruz critica PL do Aborto: "Retrocesso e ameaça à saúde de mulheres e meninas"
POSICIONAMENTO

Fiocruz critica PL do Aborto: "Retrocesso e ameaça à saúde de mulheres e meninas"

Exército de Israel diz que Hamas não pode ser destruído e expõe divergências com Netanyahu
GUERRA

Exército de Israel diz que Hamas não pode ser destruído e expõe divergências com Netanyahu

Newsletter