Fifa organizará partida para arrecadar fundos para o combate ao coronavírus

Local, data, participantes e formato ainda não foram anunciados pela entidade

FifaFifa - Foto: AFP

A Fifa anunciou nesta segunda-feira (18) que organizará uma partida de futebol beneficente para arrecadar fundos para o programa "Access to covid-19 Tools" (ACT), iniciativa colaborativa global criada pela OMS para atuar no combate à pandemia do novo coronavírus.

"É nossa responsabilidade demonstrar solidariedade e continuar a fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para participar e apoiar os esforços no combate à pandemia", disse o presidente da entidade, Gianni Infantino. "Temos participado ativamente da conscientização por meio de várias outras campanhas, e a Fifa também contribuiu financeiramente para essa causa, mas agora nos comprometemos a organizar esse evento global de captação de recursos quando a situação da saúde permitir, mesmo que seja apenas em alguns meses", acrescentou.

Leia também:
Fifa definirá sede da Copa Feminina de 2023 em 25 de junho; Brasil concorre
Pesquisa diz que jogos com torcedores só devem acontecer após vacina para coronavírus

A "Access to covid-19 Tools", também conhecida como "ACT Accelerator", foi anunciada no final de abril e visa acelerar o desenvolvimento, produção, acesso e uso de medicamentos, testes e vacinas seguros contra o novo coronavírus.

Com a iniciativa, a Fundação Fifa pretende aproveitar a oportunidade de sediar a partida para ampliar o alcance do futebol "para além da rede esportiva tradicional e para a sociedade em geral para ajudar e apoiar os esforços no combate ao coronavírus", diz o comunicado oficial da entidade.

Local, data, participantes e formato ainda não foram anunciados pela entidade. Youri Djorkaeff, CEO da Fundação Fifa, disse que mais detalhes serão revelados "no devido tempo".

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Saiba como é o programa de vacinação em países europeus
Vacina

Saiba como é o programa de vacinação em países europeus

Nos últimos dois meses, Pernambuco perdeu mais de 100 pessoas por semana para a Covid-19
Pandemia

Nos últimos dois meses, Pernambuco perdeu mais de 100 pessoas por semana para a Covid-19