Fim do Bicentenário da Revolução é celebrado sem populares e debaixo de chuva

Os valores de liberdade e de justiça social, frutos do movimento revolucionário, são celebrados com o hasteamento das bandeiras do Brasil em frente ao Palácio do Campo das Princesas

Feriado de Data Magna marca celebração da Revolução Pernambucana de 1817Feriado de Data Magna marca celebração da Revolução Pernambucana de 1817 - Foto: Tatiana Notaro/Da Redação

Os valores de liberdade e de justiça social, frutos do movimento revolucionário, são celebrados nesta terça-feira (6) com o hasteamento das bandeiras do Brasil em frente ao Palácio do Campo das Princesas. A solenidade encerra o ciclo de celebrações do Bicentenário da Revolução de 1817. A cerimônia ocorre debaixo de muita chuva e sem a participação de populares.

Na ocasião, foram condecoradas com medalhas instituições que contribuíram com o ciclo de celebração, a exemplo da Companhia Pernambucana de Pernambuco (Cepe), Fundação Joaquim Nabuco, Arquidiocese de Olinda e Recife, Prefeitura do Recife e Prefeitura de Olinda.

Leia também:
Feriado com chuva e pontos de alagamento no Recife e Região Metropolitana
Confira o que abre e o que fecha no feriado da Revolução Pernambucana


É realizado também um desfile cívico-militar da Polícia Militar de Pernambuco, do Corpo de Bombeiros, do Grupo da Maçonaria e de estudantes da Rede Estadual de Ensino. Na sequência, o governador Paulo Câmara (PSB) irá até o Monumento aos Heróis da Revolução Pernambucana de 1817, escultura de Abelardo da Hora, localizada na Praça da República, para colocar uma coroa de flores, momento em que será feito um minuto de silêncio em homenagem aos mártires do movimento.

Veja também

Professora da Unicap é acusada de racismo
Racismo

Professora da Unicap é acusada de racismo

Homem é condenado a pagar 15 salários mínimos por maltratar cães em MG
animais

Homem é condenado a pagar 15 salários mínimos por maltratar cães em MG