Fiscalização

Fiscalização da Celpe identifica desvio de energia em 35 apartamentos do mesmo condomínio em Olinda

Operação da Celpe identificou desvio em 35 apartamentos em OlindaOperação da Celpe identificou desvio em 35 apartamentos em Olinda - Foto: Divulgação/Assessoria

Em uma operação da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), foram identificados desvios de energia em todos os apartamentos de um condomínio residencial no bairro de Ouro Preto, em Olinda. A ação foi realizada nesta quinta-feira (22), e contou com apoio da Polícia Civil e peritos do Instituto de Criminalística. 

Durante a fiscalização, as equipes técnicas constataram que as 35 unidades consumidoras do edifício não possuíam medidores, mas estavam consumindo energia normalmente. Preliminarmente, a polícia identificou que todos os apartamentos do edifício são alugados e está investigando se pertencem a uma única pessoa. 

O responsável pelo prédio ainda não foi identificado. Em decorrência das dificuldades para entrar no condomínio, a Celpe solicitou escolta policial para ter acesso às instalações internas do residencial. “O apoio da autoridade policial foi fundamental para o sucesso da operação, já que frequentemente nossos profissionais eram impedidos de entrar no prédio”, relata o gerente de Recuperação de Energia da Celpe, Gustavo Santos.

Após constatar a irregularidade, a Celpe removeu o ramal de ligação responsável pelo suprimento de energia do prédio e está realizando o levantamento da carga que não estava sendo medida. Segundo a distribuidora, alguns moradores foram levados para a delegacia do Varadouro no ônibus da polícia.

Crime
A Celpe reforça que o furto de energia é crime sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Além de acarretar prejuízos à população, a prática representa riscos de acidentes graves. Em caso de denúncias, a população pode entrar em contato com a companhia através do telefone  0800 080 0120, sem a necessidade de identificação.

Veja também

Pernambuco registra 781 casos da Covid-19 nas últimas 24h e 25 novas mortes
Coronavírus

Pernambuco registra 781 casos da Covid-19 nas últimas 24h e 25 novas mortes

ONU condena 'racismo estrutural' no Brasil após assassinato de João Alberto
Racismo

ONU condena 'racismo estrutural' no Brasil após assassinato de João Alberto