Cristina Mello

Foliã de carteirinha: os carnavais da primeira-dama Cristina Mello

Em entrevista exclusiva ao site RJ, ela relembrou os tantos agitos dos quais participou, as responsabilidades como primeira-dama durante a folia e contou a história da sua roupa para esta edição do Baile Municipal

Cristina Mello divide-se entre a rotina de médica e primeira-dama, e só tendo muito pique para aguentar todos os compromissos Cristina Mello divide-se entre a rotina de médica e primeira-dama, e só tendo muito pique para aguentar todos os compromissos  - Foto: Raquel Melo

Cristina Mello tem um pique de fazer inveja. A primeira-dama do Recife tem uma rotina regradinha e cheia de afazeres, como toda pernambucana de força. O dia começa cedo, no Imip, de onde é cardiologista pediátrica. Depois, tem outra jornada em casa, com os filhos, Rodrigo, Eduardo e Mariana.

“Eu tenho sorte, tenho uma retaguarda incrível”, contou, em entrevista ao site RJ. Ao meio-dia, em ponto, vai até a academia, onde não passa muito tempo. A correria é tão grande que as séries precisam ser mais intensas e rapidinhas. A tarde é sempre dedicada aos compromissos como primeira-dama.

Juliana Freitas e Rebeca Pessoa, da Sarça, mais uma vez dão um jeito de realizar os pedidos da primeira-dama para o Carnaval

Foto: Juliana Freitas e Rebeca Pessoa, da Sarça, mais uma vez dão um jeito de realizar os pedidos da primeira-dama para o Carnaval
Créditos: Raquel Melo

 

Às vésperas do Carnaval, Cristina é só agitação, mas nada de perder o foco. Antes de ser primeira-dama, o Carnaval era na rua, nas ladeiras de Olinda e polos do Recife Antigo. Depois do status, a folia ganha uma tensão a mais. “Eu só fico tranquila quando o Carnaval começa e termina bem”, explica.

Anfitriã de um dos bailes mais tradicionais e prestigiados, o Municipal, ela não poupa esforços para que saia tudo muito alinhadinho, como foi nos últimos anos. Desta vez, a festa tem uma pegada diferente, já com o Carnaval do Recife com outra cara, a da arte urbana, proposta que veio dela e do marido, o prefeito da Cidade, Geraldo Julio.

Luciene Soares, que perdeu tudo em incêndio na Vila Santa Luzia, é só emoção ao assinar o modelo que Cristina vai usar no Baile Municipal

Foto: Luciene Soares, que perdeu tudo em incêndio na Vila Santa Luzia, é só emoção ao assinar o modelo que Cristina vai usar no Baile Municipal
Créditos: Raquel Melo

 

E tem mais. A roupa de Cristina, sempre muito aguardada para cliques e flashes, tem um carinho especial desta vez: tem muito de talento, de esforço. É que a primeira-dama escolheu um modelo feito por Luciene Soares, que perdeu tudo em incêndio no ano passado. Moradora da Vila Santa Luzia, na Zona Oeste do Recife, Luca, como é carinhosamente chamada por Cristina e toda a sua equipe, saiu da tragédia com cinco mil croquis de vestidos que faz na madrugada. 

E é um deles que Cristina vai usar no Municipal. A confecção foi toda das meninas da Sarça, Rebeca Pessoa e Juliana Freitas, que sempre assinam as produções da primeira-dama para os dias de festa. “Vai ser um longuinho básico de sempre”, adiantou a primeira-dama. Confira a nossa entrevista exclusiva com Cristina Mello:

 

Veja também

Saiba quem é Caeleb Dressel, provável sucessor de Michael Phelps em Tóquio
Olimpíadas

Saiba quem é Caeleb Dressel, provável sucessor de Michael Phelps em Tóquio

Universidades brasileiras integram o ranking das melhores da América Latina
Educa Mais

Universidades brasileiras integram o ranking das melhores da América Latina