A-A+

Força Nacional ficará até agosto em Paulista

Portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (17)

Força Nacional em PaulistaForça Nacional em Paulista - Foto: Caio Danyalgil/Folha de Pernambuco

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou, em portaria publicada nesta segunda-feira (17) no Diário Oficial da União, a prorrogação das ações da Força Nacional de Segurança Pública no apoio às forças de segurança locais, em Paulista e nas outras quatro cidades do projeto - Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO) e São José dos Pinhais (PR). A medida integra o projeto Em Frente Brasil, de combate à criminalidade violenta.

A Força Nacional prorrogada para a cidade de Paulista até o dia 15 de agosto é a judiciária, responsável pela área criminal, como levantamentos, e trabalha junto a polícia civil em questão de investigação, processos, encaminhamento. A primeira fase do projeto, havia acontecido até 24 de dezembro.

A decisão da permanência da Força Nacional judiciária deveria ter saído, também, ao mesmo tempo da extensiva. Segundo o secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil do Paulista, Manoel Alencar, o pedido para a prorrogação foi realizado presencialmente ao ministro da Justiça Sergio Moro, quando ele foi até a cidade no mês de dezembro.

"É significativa essa continuidade, essa parceria, entre as forças nacional de segurança e a força estadual e municipal. Pois representa mais tranquilidade, mais presença da polícia na rua, execução de projetos, junto ao judiciário, com a força judiciária. Então, é o que a gente vem ganhando a cada dia, a sensação de segurança, a redução do número de homicídios’’, relatou o secretário.

Ainda de acordo com Manoel Alencar, até este mês, na área de atuação do programa nacional não foram registrados homicídios, enquanto o restante do município registrou seis assassinatos. Em relação ao ano passado, o número de homicídios chegou a 18, na cidade.

Leia também:
Paulista registra 36,4% de redução nos homicídios durante atuação da Força Nacional
Moro se reúne em Paulista para discutir Força Nacional no município


“As operações terão o apoio logístico dos estados e municípios envolvidos que deverão dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional”, segundo a portaria publicada no Diário Oficial. De acordo com o documento, o número de militares disponibilizados obedecerá ao planejamento definido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Em janeiro, em reunião entre representantes dos governos Federal, Estadual e Municipal no Centro Administrativo da Prefeitura de Paulista, já havia ficado acertada a prorrogação, mas o fim da ação estava previsto para 24 de junho. Os últimos dados divulgados do programa abrangem o período entre o início, em agosto, até dezembro de 2019. A diminuição no número de crimes contra a vida foi de 28% e os delitos contra o patrimônio caíram 34%.


Veja também

Assessora de Hillary Clinton diz que foi abusada sexualmente por senador
Denúncia

Assessora de Hillary Clinton diz que foi abusada sexualmente por senador

Pernambuco recebe mais 33.930 doses de vacinas da Pfizer
Coronavírus

Pernambuco recebe mais 33.930 doses de vacinas da Pfizer