A-A+

Força Nacional vai garantir segurança de povos indígenas no Maranhão

A medida tem por objetivo 'garantir a integridade física e moral dos povos indígenas, dos servidores da Funai e dos não índios'

Força NacionalForça Nacional - Foto: FNSP/MJ/Divulgação

A portaria do Ministério da Justiça, que autoriza o uso da Força Nacional de Segurança Pública em apoio à Fundação Nacional do Índio (Funai) na Terra Indígena de Cana Brava Guajajara, localizada no estado do Maranhão, está publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (10).

A medida tem por objetivo "garantir a integridade física e moral dos povos indígenas, dos servidores da Funai e dos não índios" na região pelo prazo de 90 dias, contados a partir do dia 10 de dezembro e podendo ser prorrogado, se necessário.

De acordo com a portaria, o contingente será definido pelo ministério, de acordo com planejamento a ser realizado pela pasta.

Leia também:
Moro se reúne em Paulista para discutir Força Nacional no município
Força Nacional atuará por mais 180 dias no combate ao desmatamento

No último sábado (7), um atentado contra líderes indígenas Guajajara, na BR-226, entre as aldeias Boa Vista e El Betel, resultou em duas mortes.

As mortes foram confirmadas pela Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular do Maranhão. Segundo a secretaria, há dois índios feridos em decorrência do ataque.

Veja também

Americanos e europeus se preocupam com programa de armamento norte-coreano
Mundo

Americanos e europeus se preocupam com programa de armamento norte-coreano

Senado aprova antecipação das metas de redução de gases em 5 anos
Meio Ambiente

Senado aprova antecipação das metas de redução de gases em 5 anos