crise Internacional

Forças russas tomam aeroporto militar ucraniano em poucas horas

Russos tomam o aeroporto militar de Antonov, próximo à região de Kiev

Veículos militares da RússiaVeículos militares da Rússia - Foto: Daniel Leal/AFP

Em poucas horas, o aeroporto militar de Antonov, às portas de Kiev, capital ucraniana, caiu nas mãos das forças russas, que desceram com cordas de helicópteros, disparando com metralhadoras, relataram testemunhas à AFP.

“Havia pessoas sentadas em helicópteros com as portas abertas, sobrevoando nossas casas”, contou Serguiy Storojouk nos arredores do aeroporto, ao fugir da região. “Os helicópteros chegaram e os combates começaram. Dispararam com metralhadoras e lança-granadas.”

Os helicópteros russos chegaram por volta das 11h locais, a partir de de Belarus, passando perto dos telhados das casas e espalhando pânico em seu trajeto até a capital.

O aeroporto fica em Gostomel, limite norte de Kiev. Os combates ali travados foram os mais próximos da capital no primeiro dia de invasão russa.

Segundo o civil Olexandre Kovtonenko, 30, que mora nas proximidades, além dos helicópteros, dois caças chegaram e dispararam mísseis contra unidades terrestres ucranianas no começo da invasão. "Depois, houve tiros, que duraram três horas. Em seguida, outros três aviões chegaram e começaram a atirar."

'Tropas russas já estão aqui'

"Dois helicópteros voavam atrás de mim e atiravam ao lado da estrada", contou o taxista Mykola Chymko. "Depois voltei e vi umas 100 pessoas. Os uniformes deles não eram os nossos."

Os soldados e paraquedistas usavam braçadeiras brancas e uma insígnia com listras laranjas e pretas, a de São Jorge, que os identifica como russos.

As Forças Armadas ucranianas e russas trocaram tiros várias vezes por hora. Além dos estrondos, uma fumaça preta deixava o céu cinza.

O presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, disse esperar que as forças russas fossem rapidamente cercadas e destruídas. Mas perto do aeroporto, as forças ucranianas eram poucas, observou a AFP.

A Rússia eliminou totalmente as defesas da Ucrânia e agora tem "a completa superioridade aérea", uma vez que o governo de Kiev não possui mais recursos contra esse tipo de ofensiva, indicou um funcionário ocidental da inteligência nesta quinta-feira.

Moradores da área perambulavam por uma estrada de bicicleta, a pé ou tentando pegar carona. Em um posto de gasolina, motoristas tentavam abastecer seus carros antes de fugir.

Em Gostomel, Ludmyla Klimova treme a cada explosão. "A base está em chamas, foi bombardeada, nossas casas ficam perto. Não sabemos para onde ir, meus pais estão aqui, minha irmã", disse, em uma praça. "As tropas russas já estão aqui, um dos meus amigos mora ali e os russos já se aproximaram da minha mãe com uma metralhadora", contou. 

Veja também

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação
Télam

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação

Moda da Hermès desafía todos os elementos
Moda

Moda da Hermès desafía todos os elementos