Notícias

Formato berliner será diário na Folha

Tendência segue o mesmo padrão de grandes jornais europeus como The Guardian, El País, Le Monde e Libéracion

Mariana Costa, diretora Administrativa da Folha, exalta a boa aceitação do Folha MaisMariana Costa, diretora Administrativa da Folha, exalta a boa aceitação do Folha Mais - Foto: Alfeu Tavares

O jornal em formato berliner, que o leitor já se acostumou e aprovou na edição de fim de semana Folha Mais, desde o início do ano, chegou para ficar. Tem sido assim ao redor do mundo e aqui não poderia ser diferente. A partir da próxima segunda-feira (6), esse será o padrão adotado pela Folha de Pernambuco também para suas edições diárias.

Inovação, modernidade e praticidade em um único produto. Seguindo a mesma tendência de grandes jornais europeus, como o britânico The Guardian, os franceses Le Monde e Libération e o espanhol El País, a Folha passa a adotar diariamente o formato berliner (também chamado berlinês ou midi), que mede 36,0 cm x 26,7 cm e é muito mais leve.

Tal qual uma revista, é mais fácil de manusear, traz uma apresentação bem mais bonita, toda em cor, e permite uma leitura bem mais prazerosa e sem prejuízo ao conteúdo editorial. No Brasil, o formato já foi adotado por outros importantes jornais, como o gaúcho Zero Hora, o paranaense Gazeta do Povo, o Diário Catarinense e o esportivo Lance!.

De segunda a sexta-feira, o leitor terá a mesma Folha de Pernambuco, porém, em um modelo mais agradável de ler. Os cadernos e seções também permanecem os mesmos: Últimas, Política, Opinião, Brasil, Planeta, Cotidiano, Economia, Esportes e Diversão & Arte. Aí, quando chegar o sábado, terá à disposição o já consagrado Folha Mais, edição que inaugurou uma nova maneira de acompanhar as matérias de fim de semana, com inovações que contemplam, além da forma, o conteúdo, com matérias ainda mais analíticas, aprofundadas e contextualizadas.

“Estamos trazendo para Pernambuco um formato novo. Devido ao sucesso, à boa aceitação do Folha Mais, estamos adotando o modelo todos os dias”, afirma a diretora Administrativa Mariana Costa. “A estratégia é facilitar a vida do leitor, que a cada dia procura um produto mais moderno e portátil. Com o formato berliner fica mais fácil ler o jornal no avião, no ônibus.”
Com mais investimentos e sempre se aperfeiçoando nos últimos anos, a Folha de Pernambuco beneficia aquele que é o motivo maior de seu dia a dia, de seu fazer jornalismo: o leitor, esse consumidor a cada dia mais exigente e interessado em notícia e informação com credibilidade.

Veja também

Após massacre no Texas, Trump pede que cidadãos se armem para combater o "mal"
Estados Unidos

Após massacre no Texas, Trump pede que cidadãos se armem para combater o "mal"

Estudo aponta sequelas neurológicas em pacientes leves de Covid-19
Novo coronavírus

Estudo aponta sequelas neurológicas em pacientes leves de Covid-19