mundo

Fortes tempestades e ventos com força de tempestade atingem Meca

Nenhuma vítima foi registrada

Fortes tempestades em MecaFortes tempestades em Meca - Foto: Hammad Al-Huthali/AFP

Fortes tempestades ocorreram ao fechar as escolas, nesta quarta-feira (23), em Meca, ponto de encontro mais sagrado da ilha, devido às chuvas e ventos que atingiram a Grande Mesquita durante a noite, segundas testemunhas.

Enquanto os peregrinos tentavam cercar a Caaba, o gigante cubo negro ao qual todos os muçulmanos rezam, um raio atingido o icônico hotel Fairmont Makkah Clock Royal Tower, na noite de terça-feira.

A tempestade teve ventos de mais de 80 milhas por hora, semelhantes à força de um furacão, afirmou à AFP Hussein al-Qahtani, porta-voz do Centro Nacional de Meteorologia.

As condições eram semelhantes à tempestade que derrubou um crescimento na Grande Mesquita em 2015, matando mais de 100 pessoas e ferindo outras centenas, disse Qahtani.

Nenhuma vítima foi registrada na tempestade de terça-feira (23).

Abu Mayyada, morador de Meca, conto que havia saído para comprar cigarros e gasolina quando perdeu o controle do veículo.

"Não consegui ver nada, então comecei a ouvir o Alcorão no rádio. Não entendi o que estava sentindo", relatou.

As autoridades de Meca informaram na rede social X (antigo Twitter) que as escolas vão fechar em vários pontos da cidade. As aulas serão dadas através de plataformas educacionais digitais, "para a segurança de todos".

Veja também

Pernambuco é o único estado do Brasil a reduzir o desmatamento da Caatinga
Meio Ambiente

Pernambuco é o único estado do Brasil a reduzir o desmatamento da Caatinga

Em Kiev, ucranianos adotam "modo de vida normal" e evitam falar da guerra
mundo

Em Kiev, ucranianos adotam "modo de vida normal" e evitam falar da guerra

Newsletter