Fotógrafo da Folha é finalista do Prêmio Cristina Tavares

Ed Machado concorre por sequência de fotos de incêndio que atingiu depósito no Arruda

Filme "Jack Reacher: Sem Retorno"Filme "Jack Reacher: Sem Retorno" - Foto: Divulgação

O fotógrafo Ed Machado, da Folha de Pernambuco, é finalista do 22º Prêmio Cristina Tavares de Jornalismo. Ele concorre na categoria Estudante de Jornalismo Pré-sindicalizado - Foto. A sequência de imagens que lhe rendeu a indicação foi veiculada na matéria "Incêndio atinge depósito no bairro do Arruda", publicada no Portal FolhaPE em 5 de fevereiro.

Aos 26 anos, esta é a primeira participação do fotógrafo na premiação e ele se diz honrado pela indicação. "Sinto-me contemplado pela oportunidade de mostrar o meu trabalho e poder, diariamente, contribuir com o jornalismo da Folha de Pernambuco", diz.

Ed lembra que, no dia do incêndio 5 de fevereiro, estava em casa e recebeu a ligação de um amigo informando sobre o fato. "Imediatamente, me dirigi ao local e pude registrar toda a ação do Corpo de Bombeiros e a tensão dos moradores prejudicados pelas chamas", recorda.

A entrega do Prêmio Cristina Tavares ocorre na próxima segunda (20), no Teatro Beberibe do Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

Veja também

Prédio comercial desaba e deixa cinco feridos no Paraná
Notícias

Prédio comercial desaba e deixa cinco feridos no Paraná

Em crise, TJ-SP promove magistrada e a aposenta em 24 horas pelo teto salarial
Notícias

Em crise, TJ-SP promove magistrada e a aposenta em 24 horas pelo teto salarial